1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Expo apresenta inovações tecnológicas sustentáveis na Coreia do Sul

A Expo 2012 foi inaugurada com uma grande cerimônia na cidade sul-coreana de Yeosu. A exposição internacional tem o slogan "A vida no oceano e na costa". A Alemanha está presente.

O presidente sul-coreano Lee Myung Bak inaugurou a Expo 2012, após quatro anos de obras e bilhões de dólares de investimentos. No primeiro dia da feira na cidade de Yeosu, neste sábado (12/5), os organizadores salientaram que esta é a edição com maior número de robôs. O destaque é uma espécie de robô-peixe que realiza prospecção de recursos embaixo da água sem agredir o meio ambiente.

Já na abertura da Expo foram vendidos 33 mil ingressos. Foi montada uma estrutura gigante dentro da água para mostrar hologramas coloridos e promover a feira. O tema desta edição  reflete o "desejo comum por uma coexistência harmônica entre as pessoas e o ecossistema marítimo do planeta", conforme o secretário-geral do comitê organizacional, Kim Keun Soo.

A exposição, que dura três meses, conta com a participação de 104 países e dez organizações como as Nações Unidas, que vão apresentar produtos e iniciativas culturais e tecnológicas. A Alemanha está representada com seu próprio pavilhão com nome de "Seavolution", uma aglutinação das palavras inglesas sea (mar) e evolution (evolução). O espaço pretende apresentar inovações e soluções tecnológicas alemãs em Yeosu.

Milhões de visitantes

Os organizadores esperam de 8 a 10 milhões de visitantes até o final do evento em 12 de agosto, entre os quais 100 mil estrangeiros. O parque de exposições foi montado próximo ao mar, distante cerca de 450 quilômetros da capital Seul.

Expo 2012 Deutschland Pavillon

Entrada do pavilhão alemão

A expectativa é de que o evento movimente em torno de 1,9 bilhão de dólares entre investimentos públicos e privados. A isso juntam-se mais 8,7 bilhões de dólares investidos pelo governo sul-coreano em infra-estrutura.

Todos os pavilhões, com exceção do saudita, estavam em atividade neste sábado, conforme os organizadores da Expo. A coordenação do evento revidou as acusações de reportagens que divulgaram atraso na conclusão dos espaços de exposição e apontaram entulhos das obras que ainda não haviam sido retirados.

MP/dpa/ap/afpe
Revisão: Soraia Vilela

Leia mais