1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Exemplos de interferência

Carlos Alberto Ladeira coletou alguns exemplos que a professora Karen Pupp Spinassé estruturou em glossário em sua tese de doutorado, desenvolvida na Universidade Técnica de Berlim, sobre as interferências do português como língua materna no aprendizado do alemão no Brasil.

Ortografia — Transposição para o alemão da grafia típica do português para certos fonemas existentes nas duas línguas: "Deutscha" (em vez de "Deutscher"), "zeine" ("seine"), "caufen" ("kaufen"), "vohnen" ("wohnen").

Fonética — Dificuldade na percepção e pronúncia de fonemas não existentes no português; assim a palavra "Tür" se ouve como "Tir" ou "Tur".

Gramática — Utilização de verbos alemães com regência análoga à dos verbos portugueses: "ich helfe dich" (em vez de "ich helfe dir" — ou seja, com acusativo em vez de dativo, porque o verbo "ajudar" pede em português objeto direto), "ich frage dir" ("ich frage dich" — aqui o fenômeno observado é o contrário do exemplo anterior).

Léxico — "Wir müssen uns schnell arrumieren" (= "arrumar-se", numa forma inexistente no alemão). Isto porque em alemão existem verbos de origem latina que apresentam radicais semelhantes aos de seus correspondentes em português. Os alunos então generalizam e criam formas germanizadas também em outros casos, num processo analógico que pode ser chamado de economia lingüística.

Sintaxe — "Im Brasilien" (em vez de "in Brasilien", porque nós colocamos artigo diante de "Brasil"), "um 22 Uhr ich schlafe" (sem observar a colocação que o verbo deve ter em alemão: "um 22 Uhr schlafe ich").

Interferências pragmáticas — "Und die Erdnüsse, wie viel kostet?" (em vez de "und wie viel kosten die Erdnüsse?", ou seja, as palavras são traduzidas literalmente); "ich mache Geburtstag im April" ("ich habe Geburtstag im April").

Misturas de português com alemão — Especialmente os descendentes de alemães no Sul do Brasil introduziram em seu vocabulário palavras do português, que utilizam ao falar alemão: "amexe" (de "ameixa"), "patát" (de "batata"), "fexon" (de "feijão"), "xuraske" (de "churrasco"), "kabrest" (de "cabresto"), "Kanelebaum" (de "caneleira"), " makák" (de "macaco").

Leia mais