1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

EXCESSO DE ENERGIA RENOVÁVEL PRODUZIDA EM CASA PODE SER REDISTRIBUÍDA

Os temas comentados nesta semana por nossos usuários foram: energias renováveis, campanha eleitoral na França e expropriação de petrolífera espanhola na Argentina.

"Você espera que a regra no Brasil tenha impacto semelhante ao observado na Alemanha?" Não, pois os pequenos produtores de excedente de energia não receberão dinheiro. Os tais créditos de nada vão servir a quem é autossuficiente em energia.

Tendo que "investir" em dinheiro para "ganhar" créditos, os pequenos produtores de energia, com essa "brilhante" iniciativa da Aneel, vão acabar jogando fora a energia excedente pela falta de retorno pecuniário. Parabéns à Alemanha, que soube conviver melhor com o sistema capitalista e que pensou na sua população e não nas distribuidoras de energia.
Leandro Vieira Osuna

Creio que muitos brasileiros gostariam que o Brasil fizesse como a Alemanha: o governo deveria dar um incentivo para quem instalasse a energia renovável.
Maria da Conceição Stehling Melo

Na minha opinião, energia renovável é sempre um bom investimento, mas acho que para isso dar certo no Brasil teria que principalmente haver uma descentralização na produção de energia. Imagino que num futuro próximo poderia dar certo e o meio ambiente agradeceria!
Sonia R. Vicente

DE OLHO NA REELEIÇÃO, SARKOZY BRIGA POR VOTOS

Estou acompanhando essa matéria, na qual diz-se que Sarkozy briga por votos na França. Porém, afirmo que eleição é uma caixinha de surpresas. Na maioria das vezes em que acompanho eleições, por exemplo, dificilmente aquele que está disputando a reeleição perde. Geralmente, mais de 90% das possibilidades é que o atual se reeleja. É, vamos esperar para saber, porque a vitória se decide nas urnas.
Maurício Joffre

Para a França e para a política europeia seria melhor que Sarkozy ganhasse, mas o candidato socialista, François Hollande, está muito forte. Creio que irá ganhar já no primeiro turno.
Daniel Costa

UNIÃO EUROPEIA CONDENA EXPROPRIAÇÃO DE PETROLÍFERA ESPANHOLA NA ARGENTINA

Certamente a Argentina está usando argumentos para justificar uma apropriação ilícita. E está justificando essa ação agressiva com o argumento de que a empresa está poluindo a Argentina, a fim se apropriar da empresa com um valor comercial muito menor do que o valor de mercado. A Espanha está numa grave crise econômica e não pode permitir que uma grande empresa como a Repsol seja estatizada. A Espanha deve lutar por essa empresa, caso contrário se afundará cada vez mais na crise econômica.

Eu me posiciono a favor do governo espanhol e da UE, pois a atitude da Argentina é agressiva e hostil. Espero que a Espanha e a UE criem embargos econômicos à Argentina e designem como seu produtor oficial o Brasil. Caso haja essa estatização, espero que a Europa faça justiça à Espanha, pois isso é um golpe geoeconômico para a desvalorização da Repsol para arrematá-la por um preço baixo.
Matheus Barcellos

Leia mais