1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ex-rapper alemão que se juntou ao EI morre em ataque na Síria

Denis Cuspert, também conhecido como Deso Dogg, foi morto durante ataque aéreo dos EUA em um território mantido pelo Estado Islâmico na Síria. O rapper alemão tinha deixado Berlim para se juntar aos jihadistas em 2012.

O alemão Denis Cuspert, que havia deixado Berlim para se juntar ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em 2012, foi morto durante um ataque aéreo dos Estados Unidos na Síria. Um funcionário da Defesa confirmou, nesta quinta-feira (29/10), a morte de Cuspert, e disse que, provavelmente, ele foi morto em algum momento no início de outubro.

"Ele não era considerado um alvo prioritário e nos não o visávamos particularmente", disse o funcionário, em condição de anonimato, por não estar autorizado a confirmar a notícia.

Cuspert, ex-rapper conhecido como Deso Dogg, também atendia pelo nome de Abu Talha al-Almani e foi um dos terroristas ocidentais mais famosos a abandonar sua terra natal para se juntar ao EI. Ele participou de vários vídeos de propaganda dos jihadistas, incluindo um em que "aparece segurando uma cabeça decepada que afirma pertencer a um homem executado por se opor ao EI", disse o Departamento de Estado dos EUA.

Embora a música seja proibida pelo EI, cantar é permitido — e alguns dos vídeos de propaganda da organização têm vocais de fundo.

Quando se juntou ao grupo, Cuspert jurou lealdade ao líder do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, e assumiu um papel ativo como recruta de militantes da Alemanha.

"Cuspert é o símbolo do tipo de recruta estrangeiro que o EI procura: indivíduos que se envolveram em atividades criminosas em seus países de origem e que depois viajam para o Iraque e a Síria para cometer crimes muito piores", escreveu o Departamento de Estado em fevereiro.

Há um bom tempo Cuspert integrava uma lista americana de terroristas conhecidos, bem como o registro das Nações Unidas de simpatizantes da Al Qaeda.

AF/afp/rtre

Leia mais