1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ex-presidente Clinton nomeia Obama candidato democrata

"Ninguém conseguiria consertar em apenas quatro anos todo o estrago que ele encontrou", disse Clinton, que formalizou a candidatura do presidente à reeleição.

O ex-presidente norte-americano Bill Clinton nomeou nesta quarta-feira (05/09) formalmente o presidente Barack Obama como o candidato do Partido Democrata à presidência dos EUA. "Ele estabeleceu as bases de uma economia nova, moderna e bem-sucedida de prosperidade compartilhada", argumentou Clinton.

"Nós acreditamos que a ideia de que estamos todos juntos é muito melhor do que a filosofia do 'você está por conta própria'", disse o ex-presidente em seu discurso nesta quarta-feira, segundo dia da convenção nacional do partido, na Carolina do Norte.

A campanha presidencial norte-americana tem destacado essencialmente a criação de empregos. Cerca de 12,8 milhões de pessoas estão desempregadas no país, quatro anos depois do colapso econômico do sistema financeiro que jogou os Estados Unidos em sua maior crise desde os anos 1930.

O ex-presidente também reagiu a críticas feitas pelo candidato republicano, Mitt Romney, durante a convenção do partido realizada na semana passada e afirmou que Obama conduziu os EUA através de grandes dificuldades na economia ao ajudar a indústria automobilística e implementar medidas de estímulo.

"Nenhum presidente, nem eu, nem algum dos meus predecessores, ninguém conseguiria consertar em apenas quatro anos todo o estrago que ele [Obama] encontrou", disse Clinton.

O discurso do ex-presidente era um dos mais aguardados na convenção que ocorre na cidade de Charlotte. Clinton foi ovacionado do princípio ao fim, ao longo de 50 minutos que culminaram com a subida ao palco de Obama, para um abraço entre ambos. Ao final, o ex-presidente curvou-se diante de Obama.

RO/afp/dpa/rtr/lusa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais