1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ex-membro do Comitê Executivo da Fifa admite corrupção

Chuck Blazer confessa ter recebido suborno, ao lado de outros integrantes da federação, no contexto da escolha das sedes das Copas do Mundo de 1998 e 2010. "Eu sabia que minhas ações eram incorretas", diz.

Chuck Blazer, ex-membro do Comitê Executivo da Federação Internacional de Futebol (Fifa), disse a um juiz federal dos EUA ter concordado em receber suborno para a escolha das sedes das Copas de 1998 e 2010.

"Eu e outros membros do Comitê Executivo da Fifa concordamos em aceitar suborno no contexto da seleção da África do Sul como país-sede da Copa do Mundo de 2010", diz a transcrição de uma audiência de 2013, divulgada nesta quarta-feira (03/06).

"Concordei junto a outras pessoas, por volta de 1992, em facilitar a aceitação de um suborno no contexto da seleção do país-sede da Copa do Mundo de 1998", afirmou Blazer. "Eu sabia na época que minhas ações eram incorretas."

De acordo com autoridades dos EUA, a cooperação de Blazer ajudou a construir um complexo caso de corrupção que levou a acusações contra dirigentes da Fifa e à renúncia do presidente da entidade, Joseph Blatter.

A Copa do Mundo de 1998 foi sediada pela França, mas um documento judicial contém a alegação de que o Marrocos subornou outro membro da Fifa e que Blazer atuou como intermediário. No caso da Copa de 2010, a acusação formal diz que a África do Sul pagou 10 milhões de dólares para conseguir o direito de sediar o torneio. O país confirmou o pagamento, mas disse que foi uma doação para o apoio ao desenvolvimento do futebol no Caribe, e não um suborno.

Blazer, de 70 anos, foi membro do Comitê Executivo da Fifa de 1997 a 2013. Também foi secretário-geral da Confederação de Futebol das Américas do Norte, Central e Caribe (Concacaf) de 1990 a 2011. Além das Copas do Mundo, ele também aceitou suborno para as cinco edições do principal torneio da Concacaf, a Copa Ouro, entre 1996 e 2003.

LPF/ap/rtr

Leia mais