1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Euro circula sem problemas

A introdução das cédulas e moedas do euro, a moeda única européia, está superando as expectativas mais otimistas, na opinião do Banco Central Europeu.

default

Calculadora na mão para saber o troco em euros para pagamento em marcos

Esta mesma opinião, foi expressada também nesta quarta-feira (2) em Bruxelas por Pedro Solbes, comissário europeu das Questões Monetárias. A moeda única européia, introduzida nos mercados financeiros em 1º de janeiro de 1999, tornou-se uma realidade para os mais de 300 milhões de habitantes dos 12 países da zona do euro, com a entrada em circulação das moedas e cédulas de euro.

Conforme se esperava, a procura de cédulas de euro provocou uma verdadeira corrida aos caixas automáticos, desde os primeiros minutos do Ano Novo. Mais de 80% dos caixas automáticos dos 12 países do euro já estavam operando com a nova moeda, no final do primeiro dia. Em alguns países – como Áustria, Alemanha, Luxemburgo e Holanda – esta porcentagem chegou a 100%.

A demanda por cédulas de euro foi imensa, segundo o Banco Central. Em alguns países, os caixas automáticos tiveram procura quatro vezes maior que a média de Ano Novo.

Euro estimula o comércio

Na Alemanha, o primeiro dia em que o comércio funcionou normalmente com a moeda única européia também transcorreu sem preocupações. "A maioria dos clientes ainda está pagando com marco, mas muitos já adotaram o euro", afirmou Hubertus Pellegahr, porta-voz da Associação do Comércio Varejista. A porcentagem de clientes que está usando cartão de crédito para fazer pagamentos também é bastante elevada, segundo Pellegahr, o que alivia os comerciantes na conversão do marco ao euro.

O comércio comprometeu-se, desde 1º de janeiro, a dar troco somente em euro. O marco perdeu seu status de moeda oficial mas pode ser usado, ao lado do euro, para fazer pagamentos até o final de fevereiro.

A entrada em circulação do euro provocou um aumento nas compras nesta quarta-feira. O movimento no comércio é bem maior que o habitual. "As pessoas estão curiosas e querem agora também pagar com euro", disse Pellegahr.

Aumenta confiança no euro

A entrada em circulação das moedas e cédulas do euro aumentará a confiança na nova moeda única européia também fora da zona do euro, segundo o presidente do Banco Central da Alemanha, Ernst Welteke. "Até pouco tempo, havia pouca confiança no euro na Alemanha. Não é de se estranhar que a confiança também não fosse grande fora da Europa", disse ele.

O presidente do Banco Central não acredita que a conversão ao euro provoque queda de faturamento. Algumas pessoas irão provavelmente esperar e gastar menos dinheiro. Mas haverá também a reação contrária, por se achar que os preços estão mais baratos (um euro vale 1,95 marco), disse Welteke.

Euro cotado a 0,90 dólar

A cotação do euro subiu para 0,90 dólar na quarta-feira. Mas segundo os analistas, esta alta é resultante do efeito psicológico positivo da entrada em circulação da moeda e deverá ser passageira. A última vez que o euro havia atingido a marca de 0,90 dólar fora no dia 20 de dezembro.

Do ponto de vista econômico, não há nenhum motivo para que suba a cotação do euro, afirmou Karsten Junis, analista de câmbio do DGZ DekaBank de Frankfurt.