1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

EUA têm primeiro caso de ebola

Homem foi infectado durante viagem à Libéria e está sob estrito isolamento em hospital no Texas. Doença já matou mais de 3 mil pessoas na África.

As autoridades de saúde americanas confirmaram nesta terça-feira (30/09) o primeiro caso de ebola registrado nos Estados Unidos. O homem foi diagnosticado no Texas e contraiu o vírus durante uma viagem à Libéria.

Em comunicado, o Hospital Presbiteriano do Texas informou que o homem, cuja identidade não foi revelada, está em isolamento estrito desde que começou a mostrar sintomas do vírus. "O hospital implementou medidas de controle de infecções para assegurar a segurança de outros pacientes e dos funcionários", diz o comunicado.

As autoridades disseram que o foco agora é identificar as pessoas que tiveram contato com o homem infectado e colocá-las em isolamento. Não foi revelado se o paciente é americano ou estrangeiro.

"É certamente possível que alguém que teve contato individual com ele possa desenvolver ebola nas próximas semanas", afirmou Thomas Frieden, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA. "Mas não tenho dúvida que vamos controlar esse caso, de modo que não se espalhe pelo país."

Desde o início da epidemia no oeste da África, 12 pessoas haviam sido examinadas com suspeitas do vírus nos EUA, mas todos os testes foram negativos.

Quatro voluntários americanos infectados durante o trabalho na África foram tratados em hospitais em Atlanta e Nebraska. E um médico, também americano, exposto ao vírus em Serra Leoa, está sob observação.

Hospitais americanos têm tratado vários pacientes diagnosticados com ebola na África, onde ocorre a maior epidemia já registrada do vírus, que já deixou mais de três mil mortos.

RPR/rtr/ap

Leia mais