1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

EUA pedem que mulheres com zika adiem gravidez

Autoridades de saúde americanas recomendam que elas esperem pelo menos dois meses para engravidar. Homens infectados devem aguardar no mínimo meio ano para manter relações sexuais sem preservativo.

As autoridades de saúde dos EUA emitiram nesta sexta-feira (25/03) orientações para que homens e mulheres expostos ou diagnosticados com o zika esperem antes de engravidar ou ter relações sexuais sem proteção.

A recomendação dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, integrantes do Departamento de Saúde americano, é que mulheres diagnosticadas com zika esperem pelo menos oito semanas após o início dos sintomas antes de tentarem engravidar, enquanto os homens devem aguardar ao menos seis meses antes de ter relações sem preservativo, devido ao risco de contágio por via sexual.

Tanto homens quanto mulheres que foram possivelmente expostos ao vírus devem esperar pelo menos oito semanas antes de tentarem a concepção, de acordo com o órgão, mesmo que a infecção não tenha sido confirmada.

A agência já havia recomendado que os homens infectados não tenham relações se suas mulheres estão grávidas.

Os CDC também apelaram para que os esforços sejam redobrados para prevenir a gravidez em zonas onde existe o vírus.

As autoridades de saúde destacaram que as recomendações foram baseadas em dados sobre o tempo de persistência do zika no sangue e no sêmen.

MD/rtr/dpa

Leia mais