1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

EUA pedem extradição de dirigentes da Fifa

Autoridades suíças confirmam recebimento dos pedidos de extradição de sete executivos da entidade, presos em meio a escândalo de corrupção. Justiça do país irá decidir sobre o caso, no qual ainda cabe apelação.

Os Estados Unidos enviaram à Suíça pedidos formais de extradição de sete dirigentes da Fifa, presos em maio sob acusação de envolvimento em um

esquema de corrupção na entidade máxima do futebol

, disse o Departamento Federal de Justiça suíço nesta quinta-feira (02/07).

Os pedidos têm como base as investigações sobre alegada corrupção e extorsão, realizadas pelo Departamento de Justiça dos EUA, envolvendo executivos de alto escalão da Fifa. Entre eles está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

José Maria Marin

.

Os sete acusados, que poderão receber penas de até 20 anos de prisão, já se pronunciaram contra a extradição. Eles serão ouvidos pela polícia de Zurique e receberão um prazo de 14 dias para responder às autoridades federais sobre o caso.

O Departamento Federal de Justiça irá julgar, então, os pedidos de extradição. Os réus poderão recorrer da decisão no Tribunal Federal Criminal e no Supremo Tribunal da Suíça. O processo de extradição pode durar meses.

Entre as sete autoridades presas em um hotel de luxo em Zurique, no último dia 27 de maio, estão o vice-presidente da Fifa, Jeffrey Webb, e dirigentes esportivos de confederações latino-americanas, incluindo Marin. Os sete detidos estão entre as 14 pessoas indiciadas pelo Departamento de Justiça dos EUA no caso.

RC/dpa/ap

Leia mais