1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Estudo revela onde moram alemães obesos

Maioria dos alemães acumula muita gordura na cintura. Enquanto os mais magros moram em Hamburgo, os de cintura mais grossa estão na Turíngia.

default

Estudo mediu barriga dos alemães

Um estudo representativo feito pelo Instituto de Psicologia Racional de Stuttgart em toda a Alemanha concluiu que, em média, a população do país é gorda. Foi a primeira vez que um estudo considerou a circunferência da cintura, vista por muitos especialistas como um parâmetro mais eficiente para estabelecer excesso de peso do que o Índice de Massa Corporal (BMI, do inglês Body Mass Index).

A pesquisa, realizada para a revista Men's Health, foi feita com 19.786 homens e mulheres entre 18 e 79 anos de idade. Enquanto a média da cintura masculina no país é de 96,97 centímetros, a dos homens na Turíngia (Leste alemão) chega a 98,27 centímetros. Riscos de infarto e diabetes

Embora um pouco mais "magros", com 94,81 cm, os hamburgueses ainda estão acima da média. Os especialistas advertem que uma cintura superior a 93 cm aumenta os riscos de infarto e diabetes, enquanto 102 cm já representariam um risco de vida. No aspecto feminino, a mesma coisa: também as de maior cintura moram na Turíngia (87,10 cm), enquanto as mais "magras" estão em Hamburgo (83,63). Os riscos à saúde a começam com uma medida superior a 80 cm. Mais de 88 cm são considerados como um alto fator de risco.

O estudo revelou ainda que os habitantes das cidades alemãs em geral são mais magros do que os que vivem em regiões afastadas dos centros urbanos. Enquanto as cinco primeiras posições do ranking são ocupadas por Estados do Leste alemão, as últimas são dominadas por grandes cidades da antiga Alemanha Ocidental, ou seja, Hamburgo, Munique, Bremen, Frankfurt, Berlim e Düsseldorf. (rw)

Leia mais