1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

"Estamos felizes com a visita dele", diz avó de Obama

Presidente dos EUA fará sua primeira visita oficial ao Quênia, mas a vila natal do pai não faz parte da programação. Apesar disso, Sarah Obama tem esperança de rever o neto e cozinhar para ele, diz em entrevista à DW.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama visitará o Quênia no próximo fim de semana. Será a primeira viagem dele como presidente à terra natal de seu pai.

Obama esteve no país pela primeira em 1988, para conhecer as raízes da família. Desta vez, o líder irá se reunir com o presidente queniano, Uhuru Kenyatta, com quem sediará a Cúpula Global de Empreendedorismo.

Sarah Obama, madrasta do pai do presidente, Barack Hussein Obama, falecido em 1982, aguarda ansiosamente pela visita do neto. Ela vive até hoje na vila de Nyang'oma Kogelo, no oeste do país, e apesar de não ter laços sanguíneos com o líder dos EUA, ele se refere a ela como "vovó Sarah".

Kogelo não foi incluída na agenda da visita de dois dias de Obama ao Quênia, segundo a embaixada americana. Mas a avó do presidente ainda não perdeu as esperanças de que ele passe pela vila, disse em entrevista à DW.

Deutsche Welle: Sra. Obama, seu neto, o presidente Barack Obama, visitará o Quênia. Qual é o significado disso para a senhora?

Sarah Obama: Estou muito feliz. Ele tem raízes no Quênia, e virá visitar a todos nós.

Ele irá visitar Kogelo, a terra natal do pai?

Sim, ele tem que vir para visitar o túmulo do pai. Ele virá. Esse é o meu desejo.

Quanto tempo Obama irá passar em Kogelo, caso ele vier?

O governo dos Estados Unidos precisa decidir isso. Se ele puder passar uma noite, já seria bom.

Estão dizendo que a senhora irá matar um frango ou um pato para assar. O plano continua de pé?

Com certeza! Ele é meu neto!

O que a senhora irá cozinhar?

O que ele quiser: pato, cordeiro… Temos até mesmo vacas aqui, se ele quiser.

O que mais a senhora planeja para a visita do seu neto?

Ele deveria visitar a escola e o túmulo do pai. E ver todo o resto do Quênia.

A que ponto o fato de Obama ter se tornado presidente dos Estados Unidos mudou a vida da senhora?

Ele me ajudou. Afinal, eu sou sua avó.

Ele construiu uma casa para a senhora?

Sim, ele fez isso.

Alguns dos mais velhos da etnia luo, à qual a senhora pertence, sugeriram construir uma casa tradicional, chamada simba, para Obama. O projeto continua?

Sim, a casa será erguida nas terras do pai de Obama.

Qual é a mensagem que a senhora gostaria de deixar para as pessoas em todo mundo que têm acesso à Deutsche Welle?

Nós quenianos estamos muito felizes com a visita de Obama. Se Deus permitir que ele visite sua terra natal, isso é uma coisa boa. Amo todas as pessoas do mundo.

Leia mais