1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Estados Unidos e República Tcheca buscam o brilho do passado

EUA e República Tcheca fazem o confronto de estréia pelo Grupo E da Copa, em Gelsenkirchen. Embora estejam entre as cinco primeiras seleções no ranking da Fifa, êxitos mundiais remontam a passado distante.

default

Bruce Arena otimista

Os Estados Unidos e a República Tcheca fazem nesta segunda-feira (12/06), em Gelsenkirchen, a partida de estréia do Grupo E. Levando-se em conta a classificação no ranking da Fifa, Estados Unidos e República Tcheca fazem o jogo mais difícil desta primeira fase. Será o confronto do segundo com o quinto melhor colocado no mundo.

Embora o ranking conte apenas os resultados mais recentes, os melhores desempenhos dos dois países aconteceram em um passado distante. Os Estados Unidos ficaram em terceiro lugar em 1930 e a República Tcheca foi duas vezes vice-campeã, jogando como Tchecoslováquia, nos Mundiais de 1934 e 1962.

O técnico tcheco, Karel Brückner, mantêm a base do time que ficou em terceiro lugar na Eurocopa de 2004 e briga com a Itália pela segunda vaga do grupo às oitavas-de-final. Até poucas horas antes do jogo, ainda havia dúvidas sobre a escalação de Milan Baros, que se recupera de lesão no pé.

Enquanto os tchecos contam com estrelas no futebol internacional como os meias Nedved e Rosicky, os EUA apostam na experiência de alguns em seu plantel. O goleiro Keller e o capitão Reyna disputam sua quarta Copa.

Os norte-americanos, comandados por Bruce Arena, sonham em repetir o feito em 2002, quando surpreenderam ao derrotar Portugal por 3 a 2 e chegaram às quartas-de-final. Para Bruce Arena, não há favoritos no Grupo E: "Estou certo de que a decisão ficará para o último dia de jogos".

ESTADOS UNIDOS X REPÚBLICA TCHECA

Data : 12/06/2006

Local : Estádio da Copa em Gelsenkirchen

Horário : 18h (13h de Brasília)

Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)

Auxiliares: Amelio Andino e Manuel Bernal (ambos do Paraguai)

Prováveis escalações:

Estados Unidos

Keller - Cherundolo, Pope, Onyewu, Lewis - Reyna - Beasley, Mastroeni, Convey - Donovan - McBride

Técnico: Bruce Arena

República Tcheca

Cech - Grygera, Jankulovski, Rozehnal, Ujfalusi - Galasek, Rosicky, Nedved, Poborsky - Heinz, Koller

Técnico: Karel Brückner

Leia mais