1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

"Esta é sua última viagem"

Roma espera até um milhão de fiéis para a despedida do papa, que morreu aos 84 anos, neste sábado.

default

Comoção e fé marcam despedida do papa

Milhões de católicos em todo o mundo estão de luto pela morte de João Paulo II, que faleceu neste sábado (02/04). Cerca de 40 mil fiéis choram e rezam em vigília na Praça de São Pedro, em Roma. Também na Polônia, terra natal de João Paulo II, na Ásia, nas Américas e na África é grande a tristeza pela morte do Santo Padre.

O estado de saúde do papa agravou-se nos últimos dias. O porta-voz do Vaticano, Joaquim Navarro-Valls, disse neste sábado (01/04) que o papa havia sofrido comprometimento do estado de sua consciência, mas não estaria em coma. Segundo ele, as condições gerais e cardiorrespiratórias de João Paulo II eram gravíssimas. O papa havia sofrido uma parada cardíaca na quinta-feira (31/03) e havia recebido a extrema unção, normalmente concedida a católicos pouco antes da morte.

Tausende von Betenden versammlen sich auf dem Petersdom, erleuchtete Fenster des Papst Appartments

Multidão a Praça de São Pedro durante a madrugada de sábado (02/04)

Em muitas cidades alemãs, os católicos lotaram as igrejas para rezar pelo papa. Cerca de mil fiéis participaram de uma missa pelo papa na catedral de Colônia, na manhã deste sábado. O arcebispo local, Joachim Meisner, pediu "uma boa hora da morte para o Santo Padre, que foi um advogado da Justiça".


A Igreja Católica alemã prepara-se para receber o novo papa na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que deve reunir 800 mil jovens em Colônia, Bonn e Düsseldorf, de 16 a 21 de agosto deste ano.

Na noite passada, provavelmente o papa ainda tinha em sua mente a imagem dos jovens que ele encontrou em todo o mundo durante seu pontificado. Segundo Navarro-Valls, "ele parecia se referir aos jovens, em suas palavras, e repetiu muitas vezes, no que parecia ser as seguintes palavras: 'Eu pedi por vocês. Agora vocês vêm até mim. E eu agradeço'."

Nas mãos de Deus

Der Sprecher des Vatikans: Joaquin Navarro-Valls spricht zum Gesundheitszustand des Papstes

Joaquin Navarro-Valls, porta-voz do Vaticano

Pela manhã, cardeais e funcionários da Cúria Romana celebraram uma missa junto ao papa. O cardeal alemão Joseph Ratzinger disse: "Ele está consciente de que vai ao encontro do Senhor. O papa se despediu de mim com uma última saudação e me agradeceu pelo trabalho dos últimos anos".

"O papa entregou-se totalmente às mãos de Deus. Ele vê e ouve o Senhor", disse o vigário geral de Roma, cardeal Camillo Ruini. "João Paulo II passou a vida toda viajando, e esta é sua última viagem", disse o bispo inglês Alan Hopes, durante uma missa em Westminster.

João Paulo II será velado durante nove dias, período em que será dado o último adeus ao papa. De acordo com uma decisão dele próprio, ele será enterrado nos próximos quatro a seis dias. Seu sucessor deve ser eleito nos próximos 15 a 20 dias.

Último adeus

As autoridades de Roma preparam uma operação para garantir a segurança e a acomodação de até um milhão de pessoas (fiéis, turistas e autoridades) que são esperadas na capital italiana para se despedir do papa.

Leia mais