1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Estações da vida do sumo pontífice

Karol Josef Wojtyla (1920 - 2005) teve o terceiro maior pontificado da história da Igreja Católica Apostólica Romana.

default

Anticomunista e conservador

Nascido na Polônia em 1920, Karol Josef Wojtyla foi considerado um militante anticomunista, que ajudou a derrotar as ditaduras socialistas do Leste Europeu e a esfriar a Guerra Fria. Seu pontificado foi marcado por intensa atuação política, viagens aos cinco continentes, defesa da paz e dos direitos humanos, mas também pelo conservadorismo moral, como demonstram o fatos relacionados a seguir.

18 de maio de 1920 - Karol Josef Wojtyla nasce em Wadowice (uma aldeia perto de Cracóvia), na Polônia.

1940-1944 - Trabalha numa pedreira, para evitar a prisão, depois que os ocupadores alemães fecharam a universidade de Cracóvia.

Maio de 1942 - É transferido para uma fábrica química. Poucos meses depois, entra para um seminário clandestino em Cracóvia e se inscreve na faculdade de Teologia da Universidade de Jagellonian.

Março de 1943 - Recebe o papel principal da peça "Samuel Zborowski", de Juliusz Slowacki, sua última representação oficial. Depois, faria outras clandestinas em casas de amigos.

1º de novembro de 1946 - É ordenado padre e recebe a ordem das mãos do arcebispo Adam Stefan Sapieha, em sua capela privada. Duas semanas depois, deixa a Polônia para estudar em Roma.

13 de julho de 1947 - Forma-se em Teologia. Na sequência, realiza atividades pastorais na França, Bélgica e Holanda com trabalhadores poloneses.

19 de junho de 1948 - Recebe o doutorado, com tese sobre a fé de são João da Cruz. Logo depois, retorna à Polônia, onde recebe os títulos de mestre e doutor em Teologia pela Universidade de Jagellonian.

4 de julho de 1957 - É nomeado bispo auxiliar de Cracóvia pelo papa Pio XII.

5 de outubro de 1962 - Volta para Roma, para participar do Concílio Vaticano II.

13 de janeiro de 1964 - É nomeado arcebispo de Cracóvia.

26 de junho de 1967 - Recebe do papa Paulo VI o título de cardeal na Capela Sistina.

11 outubro de 1969 - Participa pela primeira vez do sínodo dos bispos (assembléia presidida pelo papa com o objetivo de discutir os problemas da igreja).


1970 - Faz visitas pastorais a diversos países da Europa.

23 de junho de 1977 - Recebe o título de doutor "honoris causa" da Universidade de Guttenberg, na Alemanha.

11 de agosto de 1978 - Morre o papa Paulo VI.

26 de agosto de 1978 - Albino Luciani é eleito papa, com o nome de João Paulo I.

3 outubro 1978 - Morre o papa João Paulo I.