Estátuas de Trump pelado atraem curiosos nos EUA | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 19.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Estátuas de Trump pelado atraem curiosos nos EUA

Obras de arte em tamanho real são exibidas em Nova York, São Francisco, Los Angeles, Seattle e Cleveland. Coletivo de artistas intitula o trabalho de "O imperador não tem bolas".

Assistir ao vídeo 00:40
Ao vivo agora
00:40 min

Estátuas de Donald Trump nu causam sensação

Moradores de cinco cidades dos EUA foram surpreendidos com uma imagem do candidato republicano à presidência do país como nunca viram. Estátuas em tamanho real de Donald Trump pelado vêm chamando a atenção de passantes em Nova York, São Francisco, Los Angeles, Seattle e Cleveland.

Inauguradas nesta quinta-feira (18/08), as obras que retratam o magnata foram criadas por um artista de Cleveland e reivindicadas por um coletivo chamado Indecline. O grupo inclui artistas plásticos, músicos e cineastas e já se manifestou contra Trump anteriormente.

Várias das estátuas mostram Trump com as mãos cruzadas sobre a barriga protuberante. Enquanto algumas partes da genitália masculina são visíveis, outras estão faltando. O coletivo intitulou o trabalho de "O imperador não tem bolas".

Estátua de Trump em Nova York,

Estátua de Trump em Nova York, antes de ser removida pela prefeitura

Na Union Square, em Nova York, uma das esculturas rapidamente chamou a atenção dos passantes, que riam e tiravam fotos com o Trump nu, até que a obra foi removida pela prefeitura.

"É através dessas esculturas que transmitimos a personificação física e metafórica da alma medonha de um dos políticos mais infames e insultados da América", disse o coletivo em comunicado. "Esperamos que o candidato nunca se instale na posição política e militar mais poderosa do mundo."

O comitê de campanha de Trump não quis comentar as obras.

LPF/rtr/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados