1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

"Estágio" para desenvolver habilidades sociais

A comunicação entre executivos e funcionários é fundamental para uma empresa. Nova tendência entre o empresariado é fortalecer competência social.

default

Habilidades sociais são importantes no contato com funcionários

No mundo movimentado pela lógica da economia, as chamadas soft skills (habilidades que um profissional adquiriu em suas experiências pessoais), não raro são postas de lado. Os empresários estão sentindo cada vez mais a necessidade de aprender a lidar com os próprios funcionários e há cada vez mais executivos que querem fortalecer sua competência social. Para isso, eles se engajam em causas sociais e se dispõem a participar da vida de grupos de apoio social.

Falta tempo para conversas no "mundo dos números"

Bärbel Hann, chefe de equipe da DeTeImmobilien, em Berlim, participa do projeto Seitenwechsel ("mudança de lado") – um programa de treinamento social para líderes de empresas. Durante uma semana, os chefes se engajam numa causa social e adquirem, a partir desta experiência, uma forma bastante diferente de ver as relações de trabalho.

É o caso de uma líder empresarial de 43 anos que visita uma comunidade para deficientes mentais. Por uma semana, Bärbel fará um estágio como ajudante de deficientes. Seu trabalho: conversar e ouvir.

Aktien Anlage Analyse Börse Entwicklung Erklärung Erklären Geld Kurse Manager Rede Referat Seminar Sparen Tabelle Trend Vermögen Symbolbild p178

A preocupação com os números afasta líderes do convívio direto com os subordinados

"Nosso mundo é outro, é o mundo dos números. Aqui, o contato social é extremamente importante. Tempo e paciência é o que eu preciso dedicar àqueles que vivem aqui. Mas na empresa é bastante diferente. Lá, eu espero que todos entendam exatamente o que eu digo ou o que quero, sempre. Aqui, a coisa muda de figura: eu preciso ouvir com atenção, eu preciso acompanhar o que eles dizem", conta Bärbel.

Mais habilidades sociais, melhores relacionamentos na empresa

Arbeit mit behinderten Kindern

O engajamento em causas sociais ensina aos chefes a importância da paciência e da conversa

O objetivo do programa é que os empresários aperfeiçoem suas habilidades sociais. A idéia, que foi concebida na Suíça, é utilizada em várias cidades alemãs. Mara Höhl, da associação Forum Berufsbildung de formação profissional, informa os empresários sobre o programa Seitenwechsel.

Ela costuma receber poucas respostas negativas sobre o objetivo do projeto, mas precisa lidar com outra sorte de problemas, como a falta de tempo dos participantes, e, principalmente, o medo do distanciamento de suas obrigações regulares de trabalho.

Até hoje, 14 empresários já participaram do programa em Berlim. Suas empresas os liberam por uma semana e pagam cerca de 2000 euros aos organizadores. Desta quantia, 600 euros são pagos às causas sociais. O resultado costuma ser positivo:

"As pessoas realmente precisam se esforçar para ter tempo de ouvir onde estão os problemas, assim como elas fazem em seus compromissos. É necessário estabelecer um horário para estar em contato com os funcionários, para conversar com eles individualmente. As pessoas se sentem mais importantes quando tratadas pessoalmente do que quando vêem o chefe somente em reuniões. E qual é o papel do maestro sem a orquestra? É realmente nisso que temos que pensar. Quando os empregados não se engajam, não se obtém nenhum resultado", analisa Bärbel Hann.

Leia mais