1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Espionagem nas redes sem fio

Junto com as redes de computador wireless, cresce também a espionagem de dados. O usuário que surfa na praia ou no bar, longe do amontoado de cabos e fios, corre o risco de ter sempre um visitante oculto à sua espreita.

default

Criança opera TV na web através de um teclado sem fio

Em aeroportos e hotéis de grande porte as redes de computadores sem fio já fazem parte há muito dos padrões de qualidade. Entrar na internet longe de casa torna-se também cada vez mais comum na Alemanha e várias cidades do país vêm ampliando com freqüência a oferta de pontos de acesso ( hot spots). Em Hamburgo, por exemplo, os moradores da cidade são vistos com cada vez mais freqüência nos parques da cidade, participando de chats com amigos do outro lado do mundo.

Também as empresas alemãs podem, graças à nova tecnologia, se poupar da compra e instalação de um amontoado de fios, quando querem estabelecer a ligação entre duas ou mais estações distantes. Nem mesmo a existência de muros largos mostra-se como obstáculo para as redes sem fio. Essas vantagens, contudo, não escondem o outro lado da moeda.

Wardriver e batatas fritas

Wireless LAN Adapter

Adaptador LAN para redes sem fio

Para além dos muros de concreto, podem estar à espreita de uma rede aberta os chamados wardrivers, que, munidos de antenas construídas artesanalmente - com embalagens velhas de batatas fritas, por exemplo - se enveredam pelas ruas à procura de redes sem fio, isentas da devida segurança.

Uma vez encontrado um sistema aberto, os wardrivers podem entrar à vontade no sistema do usuário, ter acesso a todos os dados armazenados em seu computador e, na melhor das hipóteses, entrar na internet às custas da rede de uma empresa, se esta for a vítima no caso.

Embora as redes wireless possam ser protegidas com senhas e códigos específicos, a eficácia desses mecanismos é colocada com freqüência em xeque. "Desde meados de 2001 há lacunas na segurança e estas podem levar a grandes problemas", diz uma publicação do Departamento Federal para Segurança na Tecnologia de Informação (BSI) na Alemanha.

Segundo informações oferecidas pelo órgão, os mecanismos de segurança das redes sem fio comercializadas atualmente podem ser contornados, não oferecendo dessa forma nenhuma proteção confiável ao usuário.

Com o uso das rede sem fio, os dados vão e vêm em todas as direções. No caso de uso de antenas, eles podem "caminhar" até mesmo vários quilômetros. Ou seja, um prato cheio para os espiões, que engolem dessa forma bits e bytes com extrema facilidade.

O grande problema na segurança das redes wireless é, enfim, a ainda ineficiente técnica de codificação (WEP - Wired Equivalent Privacy). Na opinião de vários especialistas em segurança alemães, as cifras de segurança desses sistemas ainda deixam muito a desejar.

Insegurança nas configurações

Outro ponto criticado é a configuração dos computadores, que via de regra não oferecem nem um mínimo de proteção nessse sentido. Ou seja, quem não entende ou não quer "perder seu tempo" instalando os mecanismos de segurança necessários pode cair rapidamente nas graças dos espiões.

Enquanto isso, os fabricantes garantem que, dentro em breve, será mais fácil para o usuário comum zelar pela segurança de seus dados. "A previsão é de que, no fim deste ano, novos modelos de mecanismos de segurança possam fornecer uma arquitetura de segurança mais eficiente", profetiza o departamento alemão.

Leia mais