Espetáculo musical põe a África no ritmo da Copa | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 11.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Espetáculo musical põe a África no ritmo da Copa

Show no distrito de Soweto, em Johanesburgo, reuniu personalidades da política e da música para comemorar o início do Mundial de Futebol. Primeiro jogo é nesta sexta-feira, entre África do Sul e México.

default

Bandeiras sul-africanas no espetáculo em Soweto

Um grande show musical agitou o distrito de Soweto, em Johanesburgo, África do Sul, e marcou a abertura da Copa do Mundo de 2010 nesta quinta-feira (10/06). Apesar do frio de 10ºC à noite, o evento levou 34 mil pessoas ao Estádio Orlando para ver o espetáculo que contou com personalidades da política, jogadores de futebol e artistas renomados na África e em todo o mundo.

O espetáculo

Eröffnungskonzert Fußball WM 2010

Jacob Zuma e Sepp Blatter abriram o evento

A cerimônia começou com o discurso de Sepp Blatter, presidente da FIFA, e Jacob Zuma, presidente da África do Sul. "A África está mostrando ao mundo que é capaz de sediar qualquer tipo de evento mundial como qualquer outra região. A África é quem está realizando este torneio, a África do Sul é apenas o palco", disse o estadista.

Um momento emocionante foi a entrada no palco do arcebispo Desmond Tutu. O clérigo negro sul-africano, que recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua luta contra o apartheid, usava uma camisa da seleção local e foi aclamado pela multidão. "Obrigado por ajudar a transformar esta lagarta feia que nós éramos numa linda borboleta", disse ele ao público, referindo-se às mudanças do país nas últimas duas décadas.

Na parte musical, subiram ao palco os astros norte-americanos Black Eyed Peas e Alicia Keys, e destaques da música africana, como Angelique Kidjo e Vusi Mahlasela, entre outros nomes internacionais. Mas o grande momento foi quando a colombiana Shakira e o grupo sul-africano Freshlyground tocaram "Waka Waka (This time for Africa)", hino oficial da Copa do Mundo de 2010.

Nota triste

Maior símbolo do movimento negro sul-africano, o ex-presidente Nelson Mandela, de 91 anos, não compareceu ao evento. Ele esperava ir ao Soccer City nesta sexta (11/06) acompanhar o jogo de abertura entre África do Sul e México, mas uma tragédia o impediu. Quando voltava do show no Estádio Orlando, sua bisneta Zenani Mandela sofreu um acidente de carro e faleceu.

TM/rtr/dpa
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais