Espanha vence a Alemanha e conquista a Eurocopa 2008 | Acompanhe a cobertura especial sobre as partidas da Eurocopa | DW | 30.06.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Espanha vence a Alemanha e conquista a Eurocopa 2008

Com gol de Fernando Torres, a seleção espanhola supera a equipe alemã por 1 a 0 e é campeã da Euro 2008. É o primeiro título da Espanha em 44 anos.

default

Fernando Torres comemora o seu gol, que deu o título da Eurocopa 2008 à Espanha

A Espanha é bicampeã européia após um jejum de 44 anos. A seleção espanhola venceu a equipe da Alemanha por 1 a 0 na final disputada neste domingo (29/06) em Viena, na Áustria, e assegurou seu segundo título na competição de seleções européias.

Os espanhóis criaram mais oportunidades do que os alemães ao longo do jogo e dominaram a partida durante a maior parte das etapas inicial e final. O único gol foi marcado por Fernando Torres aos 33min do primeiro tempo.

Fußball Euro 2008 Finale Deutschland Spanien Torres Tor

Fernando Torres chuta...

Esta foi a terceira final de Eurocopa disputada pela Espanha, que havia sido vice-campeã em 1984 e campeã em 1964. Desde então, os espanhóis não haviam conquistado mais nenhum importante título internacional.

A Alemanha disputou sua sexta final de Eurocopa. Os alemães foram campeões nas edições de 1972, 1980 e 1996 e vice-campeões em 1976 e 1992.

A Espanha chegou ao título vencendo suas seis partidas. Os espanhóis marcaram 16 gols no torneio e sofreram apenas 5.

Espanha melhor

A Alemanha foi superior nos primeiros 15 minutos de jogo, mas sem oferecer perigo ao gol espanhol. Nos demais 30 minutos do primeiro tempo, a Espanha foi melhor e começou a criar chances de gol. Aos 33min, os esforços ibéricos foram recompensado com o gol de Torres.

Fußball Euro 2008 Finale Deutschland Spanien Torres Tor

... e comemora o gol

Ainda na primeira etapa, o capitão alemão, Michael Ballack, se feriu no rosto durante um choque com o brasileiro naturalizado espanhol Marcos Senna. Ballack foi atendido e continuou no jogo.

Por alguns minutos, a torcida alemã voltou a experimentar apreensão com o capitão da equipe. Devido a dores na panturrilha direita, a escalação de Ballack havia sido incerta até cerca de uma hora antes da partida e foi o principal assunto no país durante todo o domingo.

Ballack teve a melhor chance de gol para a Alemanha no início da segunda etapa, quando o meia chutou forte, perto do gol de Iker Casillas. Mas a Espanha dominou a partida também no segundo tempo, e esteve perto do segundo gol com Sergio Ramos, aos 22min, e Senna, aos 36min.

Foi a última partida de Luis Aragonés no comando da seleção da Espanha. Na próxima temporada, ele treinará o clube turco Fenerbahçe.

Primeiro tempo

Fußball Euro 2008 Finale Deutschland Spanien Senna und Ballack

Senna (e) e Ballack, que era dúvida para a final

A partida começou com as duas equipes nervosas e jogando de forma cuidadosa. A primeira boa chance aconteceu aos 8min, quando Thomas Hitzlsperger chutou de longe, mas fraco. Casillas defendeu sem dificuldade.

Mas a primeira boa chance foi da Espanha. Aos 14min, Xavi Hernandez passou para David Silva, dentro da área, mas a bola foi desviada para o gol alemão pelo zagueiro Christoph Metzelder. Jens Lehmann mostrou reflexo e espalmou para escanteio.

Aos 22min, a melhor chance da primeira metade do primeiro tempo. Sergio Ramos cruzou da direita e Torres cabeceou contra a trave direita de Lehmann. Em seguida, Joan Capdevilla chutou para fora.

Três minutos depois, uma boa chance para a Alemanha. Bastian Schweinsteiger cruzou e Miroslav Klose ajeitou para Ballack. Dentro da área, o capitão chutou forte, mas a bola foi desviada por Sergio Ramos.

Aos 31min, Francesc Fabregas chutou da entrada da área e Lehmann defendeu. Aos 33min, o primeiro gol da partida. Torres recebeu passe de Xavi Hernandez, superou a marcação de Philipp Lahm e chutou na saída de Lehmann, sem chances para o goleiro.

A Espanha continuou ofensiva e apenas três minutos depois Andres Iniesta invadiu a área e passou para Silva, que errou o chute.

Segundo tempo

Os espanhóis continuaram dominando a partida no início da segunda etapa, com Torres e Sergio Ramos desperdiçando chances de gol.

Fußball Euro 2008 Finale Deutschland Spanien Iker Casillas und Kuranyi

Casillas defende cabeceada de Kevin Kuranyi

A desvantagem no placar obrigou o técnico Joachim Löw a mexer na equipe. Aos 12min, ele tirou Hitzlsperger e colocou mais um atacante, o teuto-brasileiro Kevin Kuranyi.

Aos 15min, a primeira chance para a equipe alemã na segunda etapa. Schweinsteiger ajeitou para o chute de Ballack. A bola passou perto da trave esquerda do gol de Casillas.

A jogada de Ballack marcou o início da reação alemã. A equipe criou oportunidades, mas não conseguiu aproveitá-las.

Aos 22min, a Espanha voltou a dominar a partida. Sergio Ramos cabeceou contra o gol um cruzamento para a área e Lehmann fez excelente defesa. Foi a melhor chance de gol da primeira metade do segundo tempo.

Aos 36min, uma rápida jogada do ataque espanhol criou uma boa oportunidade de gol, desperdiçada por Senna. Santi Cazorla cruzou para a área, Daniel Güiza ajeitou de cabeça e o brasileiro naturalizado espanhol não alcançou a bola.

Alemanha 0 x 1 Espanha

Alemanha: 1 Lehmann - 3 Friedrich, 17 Mertesacker, 21 Metzelder, 16 Lahm (2 Jansen) - 8 Frings, 15 Hitzlsperger (22 Kuranyi) - 7 Schweinsteiger, 13 Ballack, 20 Podolski - 11 Klose (9 Mario Gómez) - Técnico: Joachim Löw

Espanha: 1 Casillas - 15 Sergio Ramos, 4 Marchena, 5 Puyol, 11 Capdevila - 19 Senna - 6 Iniesta, 8 Xavi Hernandez, 10 Fabregas (14 Xavi Alonso), 21 Silva (12 Santi Cazorla) - 9 Torres (17 Güiza) - Técnico: Luis Aragonés

Data: 29/06/2008 (domingo)
Local: Viena
Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)
Público: 51.428 (lotado)
Gols: Torres (33min)
Cartões amarelos: Ballack, Casillas, Torres, Kuranyi
Cartões vermelhos: nenhum

Leia mais