1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Espanha pede ajuda para sanear setor bancário

A Espanha é o quarto país a procurar ajuda do Fundo Europeu de Estabilização Financeira. O governo vai pedir auxílio para recapitalizar os bancos do país, anunciou ministro da Economia.

Como já previamente anunciado por círculos diplomáticos, o Grupo do Euro pretende disponibilizar até 100 bilhões de euros para os bancos espanhóis. No Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF), há ainda 250 bilhões de euros à disposição.

Segundo o ministro espanhol da Economia, Luis de Guindos, não se sabe ao certo, porém, se a ajuda virá do FEEF ou de seu sucessor, o Mecanismo Europeu de Estabilização (MES), planejado para ser acionado a partir de julho próximo.

Antes da declaração de De Guindos, os ministros das Finanças dos países da zona do euro estiveram reunidos por três horas em uma conferência telefônica de emergência, a fim de tratar da crise dos bancos na Espanha.

Pressão dos parceiros europeus

O Fundo Monetário Internacional (FMI) havia apontado a necessidade de 40 bilhões de euros até o próximo ano para recapitalizar os bancos espanhóis. Muitas instituições de crédito estão com "títulos podres", depois que a bolha do mercado imobiliário estourou no país.

Em função desta insegurança, a credibilidade do Estado encontra-se ameaçada e o país precisa arcar com juros muito altos. Os países da zona do euro querem proteger a Espanha antes das próximas eleições gregas, precavendo-se para o caso de uma vitória das forças radicais em Atenas.

"Só os bancos precisam de ajuda"

A Espanha é o quarto país – depois da Grécia, Irlanda e Portugal – a recorrer aos empréstimos de emergência. No entanto, a Espanha pede ajuda somente para os bancos do país, mesmo que o FEEF tenha sido criado como instrumento de ajuda para a reestruturação econômica dos Estados. A contrapartida exigida pelo fundo é o saneamento do setor financeiro no país.

SV/dap,dpa

Revisão: Marcio Pessôa

Leia mais