1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Espanha goleia frágil Taiti em jogo repleto de recordes

Mesmo com time reserva, espanhóis passeiam em seu retorno ao Maracanã e não dão qualquer chance aos taitianos, que, apesar de sofrerem dez gols, saem aplaudidos de pé do estádio.

Finalmente, 63 anos depois, a Espanha conseguiu limpar a imagem deixada pela derrota humilhante por 6 a 1 para o Brasil em pleno Maracanã. É bem verdade que o adversário da Fúria, nesta quinta-feira (20/06), foi a equipe praticamente amadora do Taiti, mas a campeã mundial passou por algumas dificuldades, principalmente nos primeiros 30 minutos de jogo, para furar a retranca do 138º do ranking da Fifa. Mas no final, foi um passeio espanhol: 10 a 0, sem muito esforço e com a equipe reserva.

O confronto entre Espanha e Taiti foi marcado pela quebra de recordes. A seleção do país insular foi a primeira equipe fora dos continentes europeu e americano a pisar no gramado do Maracanã. O confronto também marcou o primeiro jogo do Taiti contra uma seleção europeia, e logo contra o atual campeão mundial e da Eurocopa. E o resultado igualou a pior derrota da história do Taiti – que, em 2004, perdera por 10 a 0 para a Nova Zelândia.

Já pelo lado espanhol, Fernando Torres foi o primeiro jogador não brasileiro a marcar três gols no Maracanã e, de quebra, se tornou, ao lado do brasileiro Ademir, atleta dos anos 50, o único a marcar quatro gols no estádio. Torres e David Villa, que marcou três vezes, fizeram o primeiro duplo hat-trick da história do Maracanã.

A Espanha cravou, ainda, a maior goleada da história da Copa das Confederações, recorde que pertencia ao Brasil, e é a seleção nacional que mais gols marcou em uma partida no Maracanã. E, para coroar, os 10 a 0 foram a maior goleada da história de todas as competições organizadas pela Fifa.

Confed Cup 2013 Spanien Tahiti

Azpilicueta e o único profissional taitiano, Vahirua: primeira vez que o Taiti enfrentou uma seleção da Europa

Começo inusitado

A partida histórica no Maracanã começou de maneira inusitada. Logo na saída de bola, o Taiti deu um chutão direto para a linha lateral. E, como não podia ser diferente, todos os 11 jogadores do Taiti se plantaram atrás da linha da bola e tentaram armar uma fortaleza na entrada da área. Mas não demorou muito para que ficasse claro que a partida no Maracanã seria uma batalha entre o Davi e o Golias do futebol.

O zero no placar taitiano durou apenas quatro minutos. Fernando Torres entrou sem maiores problemas em diagonal na área taitiana e praticamente recuou a bola junto à trave direita. O goleiro Roche literalmente deitou no gramado, permitindo que a bola, lentamente, rolasse para dentro do gol.

O Taiti mostrou bravura e manteve o 1 a 0 até os 32 minutos do primeiro tempo. Neste meio tempo, os campeões da Oceania chegaram a possuir 39% de posse bola – uma façanha diante da Espanha, mesmo com Del Bosque tendo escalado os reservas.

Confed Cup 2013 Spanien Tahiti

Fernando Torres balançou as redes do Taiti quatro vezes e entrou na história do Estádio do Maracanã

Visivelmente incomodados em campo, os espanhóis pisaram no acelerador e ampliaram para 4 a 0 em questão de seis minutos. Aos 32, David Villa achou David Silva na área, e ele só teve o trabalho de tocar na saída de Roche. No minuto seguinte, Fernando Torres foi lançado por Silva, driblou o goleiro e rolou para o gol vazio. E, aos 38, finalmente David Villa também conseguiu marcar o seu, depois de roubada de bola de David Silva.

Vira quatro, acaba dez

No intervalo de jogo, o treinador Vicente del Bosque substituiu o único titular. Mesmo com a ída de Sérgio Ramos, a Espanha continuou em cima dos taitianos. Aos três minutos do segundo tempo, David Villa aproveitou cruzamento de Nacho Monreal e tocou entre as pernas do goleiro Roche.

Aos 11 minutos, Fernando Torres marcou o seu terceiro no jogo e consolidou-se assim como o primeiro jogador não brasileiro a fazer um hat-trick em partidas entre seleções nacionais. Além disso, Torres é agora o único jogador a alcançar dois hat-tricks em toda a história da Copa das Confederações – seu primeiro foi em 2009, contra a Nova Zelândia.

Confed Cup 2013 Spanien Tahiti

David Villa marcou três gols e tornou-seo sétimo maior goleador europeu da história com 56 gols

David Villa não queria ficar atrás e, aos 18 minutos, também marcou o seu terceiro gol, após falha bizarra do goleiro Roche, que deixou a bola escapar sozinho. O goleiro do Taiti ficou deitado no gramado, inconsolável, e foi aplaudido pelo Maracanã inteiro quando consolado por Torres.

Aos 20, Juan Mata marcou o oitavo. E, antes de marcar o nono gol espanhol, Torres chegou a perder um pênalti, chutando no travessão.

Aos 43 minutos, David Silva aumentou o placar para dois dígitos: 10 a 0. Para a festa dos espanhóis? Não, dos taitianos, que, com o apito final, foram aplaudidos de pé pela torcida. Do Maracanã, os espanhóis levaram recordes, mas os taitianos, a lembrança de terem jogado na presença de cerca de 70 mil torcedores, contra a campeã do mundo, num dos maiores templos do futebol.

Ficha técnica

Local: Maracanã – Rio de Janeiro

Gols: Fernando Torres (4min e 33min do primeiro tempo e 11min e 32 min dos segundo tempo), David Villa (38min do primeiro tempo e 3min e 18min dos segundo tempo), David Silva (32min do primeiro tempo e 43min do segundo tempo) e Juan Mata (20min do segundo tempo)

Cartões amarelos: Santi Cazorla (Espanha)

Arbitragem: Djamel Haimoudi (Argélia), auxiliado por Abdelhak Etchiali (Argélia) e Redouane Achik (Marrocos).

Espanha: Pepe Reina, César Azpilicueta, Raúl Albiol, Sérgio Ramos (Jesús Navas) e Nacho Monreal; Santiago Cazorla (Andrés Iniesta), Javi Martínez, Juan Mata (Cesc Fàbregas) e David Silva; David Villa e Fernando Torres.
Técnico: Vicente del Bosque

Taiti: Mikaël Roche; Ricky Aitamai, Jonathan Tehau, Teheivarri Ludivion, Nicolas Vallar e Edson Lemaire (Yannick Vero); Henri Caroine, Heimano Bourebare (Lorenzo Tehau), Marama Vahirua e Alvin Tehau (Teaonui Tehau); Steevy Chong Hue.
Técnico: Eddy Etaeta