1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

ESCULTURAS NO ESTÁDIO OLÍMPICO DE BERLIM

As esculturas no Estádio Olímpico, festa de abertura da Copa, comércio Brasil-Alemanha, pesquisa de Rigg e George Bush foram os temas comentados esta semana. Clique aqui, vale a pena a leitura!

default

Esculturas de Karl Albiker

Não se deve misturar as coisas... Arte é arte... Política é política. As esculturas DEVEM permanecer onde estão. São lindas, sim, contrariamente àquilo que alguns dizem por aí!
Flávio Carlos Pagliuca

Minha modesta opinião é que as estátuas devem permanecer expostas, com placas contendo informações sobre a época de sua criação e o contexto político-ideológico que representaram à época. Essa solução está em linha com o posicionamento da comunidade judaica alemã, que vê nessa solução uma forma de toda a humanidade se lembrar do tormento nazista, como forma de não se deixar levar por quaisquer ideologias radicais e exclusivistas que possam vir.
Antônio Marcos dos Reis

Explicar, esclarecer é a solução mais racional. Afinal, sendo judeu ou não, nenhum homem ou nação pode apagar as páginas de sua história, por piores que tenham sido os fatos e conseqüências. Não havendo nenhuma alusão direta à parte negra dos acontecimentos, ou algum sinal ofensivo, apenas por ser uma arte feia, não vejo razão para as esculturas serem destruídas.
Tinê Soares

Não tem sentido esconder ou destruir as estátuas. Não se pode apagar a história. Será que tem alguém que sugere destruir o que resta do Coliseu de Roma porque o local foi palco, entre outras coisas, de atrocidades contra os cristãos, contra os escravos que eram jogados às feras?!
Milton Barbosa

COPA 2006 – FESTA DE ABERTURA
Por que não festejar com uma grande festa a abertura da Copa? Isso já faz parte do programa deste tipo de evento e o mundo todo espera uma festa espetacular!
Mauricio Chaves

Creio que a Alemanha pode se dar ao luxo e deve inclusive promover um grande evento. Um país onde não tem gente que morre de fome, quase não tem analfabetos e possui um sistema de saúde que funciona, pode gastar dinheiro com festas desse tipo sem ficar com dor de consciência!
Cristina Alves

Sim, acho importante a festa de abertura. já que temos festa nas olimpíadas, na eleição de Miss Universo, porque não na Copa? E dever ter uma festa de encerramento também!
Reinaldo Pinheiro


Um país desenvolvido como a Alemanha já tem sua estrutura formada, portanto não é nenhum exagero da parte deles promover uma grande festa. Seria exagero se o nosso país, o Brasil, resolvesse ser o país a sediar a Copa, pois temos problemas mais importantes a resolver do que gastar dinheiro com algo que dure 35 dias.
Ana Bianco

COMÉRCIO ENTRE A ALEMANHA E BRASIL

É uma pena que a Alemanha não dê mais importância às possibilidades comerciais do Brasil. Temos um enorme potencial a ser desenvolvido, e a cultura e a disciplina alemãs seriam fontes de inspiração. A Alemanha não precisa agora, mas quem sabe como será o futuro? É uma pena que estejamos tão separados!
Ricardo José Barbosa Bahia

Creio que o Brasil já é um grande aliado comercial da Alemanha. Basta lembrar a concentração de indústrias alemãs no ABC paulista. Acho que com o tempo a tendência é aumentar o número de indústria e empresas bilaterais.
Tereza Alencar

PESQUISA DE BRYAN RIGG

O fato mencionado da existência de judeus no exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial não muda absolutamente em nada a barbárie xenofóbica perpetrada pelo nazismo. O holocausto nazista não teve precedentes históricos em razão de sua consecução segundo um planejamento estratégico. O estado de ser ou não judeu obedecia a critérios eminentemente nazistas que determinavam a graduação de sangue judeu por meio do estudo "criterioso" das gerações familiares.
Artur Apelbaum


GEORGE W. BUSH

Bem, eu acho que Bush é tão bom como Merkel, Blair, Lula, ou como qualquer imperador romano. Bush quer agradar à plebe, afinal o império nunca morre, apenas se transmuta. Com certeza Bush não é bom para os iraquianos, afegãos, haitianos, ou qualquer futuro país que o seu império invada, inclusive o Irã. Eu gosto dos norte-americanos e dos Estados Unidos mas isso não quer dizer que concorde com tudo o que eles fazem. Acho que nem os norte-americanos!
Josué Costa Teixeira