Escola pára e vê Ronaldo recuperado em Königstein | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 06.06.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Escola pára e vê Ronaldo recuperado em Königstein

Alunos 'fogem' da sala de aula e das escadarias assistem ao primeiro treino da seleção brasileira na Alemanha. Atacante participou da atividade e mostrou estar curado das bolhas no pé.

default

Emerson (e) brinca com atacante Ronaldo

Mais de 50 alunos de uma escola em Königstein deixaram o dever nesta terça-feira para assistir ao primeiro treino da seleção brasileira na Alemanha, uma atividade que comprovou a recuperação de Ronaldo após sofrer com bolhas no pé esquerdo.

O atacante deixou o gramado no intervalo do jogo contra a Nova Zelândia, no último final de semana, em Genebra (Suíça), reclamando do problema. Recebeu tratamento à base de cremes cicatrizantes, e de quebra a garantia do médico José Luiz Runco de que se "a estréia fosse hoje, ele jogaria".

O camisa 9 do Brasil não participou, porém, do treinamento de escanteios e finalizações promovido por Carlos Alberto Parreira. Ronaldo correu em volta do gramado e fez um rachão com Cafu, Roberto Carlos e os reservas.

O destaque no entanto ficou por conta da movimentação em volta do campo que recebeu os brasileiros. Nem mesmo os policiais resistiram ao bate-bola. Eles tentaram controlar, mas não tiveram sucesso ao impedir que crianças deixassem a sala de aula para assistir ao treino.

Poucas pessoas, em relação ao número de torcedores que acompanharam a passagem do Brasil por Weggis, na Suíça, estiveram nos grades que separava o gramado. Os treinos são abertos ao público. Em entrevista, Parreira falou sobre o potencial verde-amarelo e o favoritismo de seu time. "Conhecemos todo o nosso potencial, mas não nos consideramos favoritos. A expectativa sobre nós é grande, mas eu pergunto: e a Alemanha, não é a maior favorita?", questionou.

Leia mais