Escândalo de apostas coloca sob suspeita 200 partidas de futebol na Europa | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 20.11.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Escândalo de apostas coloca sob suspeita 200 partidas de futebol na Europa

Dezessete pessoas foram presas na Alemanha e na Suíça naquele que é considerado pela Uefa o maior escândalo de manipulação de partidas da história do futebol europeu. Também jogos da Liga dos Campeões são investigados.

default

Promotores e Uefa apresentam resultados em Bochum

Cerca de 200 partidas de futebol disputadas em nove países europeus, incluindo jogos da milionária Liga dos Campeões, estão sob suspeita de terem sido manipulados, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (20/11) pela Promotoria Pública da cidade alemã de Bochum, que há nove meses investiga uma rede de apostas ilegais.

Há mais de 200 pessoas suspeitas, anunciaram numa entrevista coletiva à imprensa quatro promotores públicos da cidade. Eles realizam suas investigações com apoio da Uefa. "É o maior escândalo do futebol até hoje", declarou Peter Limacher, diretor da Uefa.

"Agora temos de fazer todo o possível para assegurarmos que os árbitros, jogadores e dirigentes envolvidos sejam levados à Justiça", acrescentou. As polícias da Alemanha, do Reino Unido, da Áustria e da Suíça fizeram operações simultâneas nas quais foram presas 15 pessoas na Alemanha e duas na Suíça.

Entre os detidos estaria Ante Sapina, um dos envolvidos no escândalo provocado pelo ex-árbitro Robert Hoyzer, condenado em 2006 a mais de dois anos de prisão por ter manipulado resultados de partidas para beneficiar apostadores. Era até hoje o maior escândalo de apostas da história do futebol alemão.

Jogos manipulados

Três partidas da Liga dos Campeões, 12 duelos da Liga Europa (antiga Copa da Uefa) e um jogo classificatório para a Euro Sub-21 estão sendo investigados. Os promotores não disseram quais jogos estão sob suspeita.

Segundo os investigadores, que foram alertados por escutas telefônicas feitas em novembro de 2008, há partidas suspeitas nas primeiras divisões da Áustria, da Bósnia, da Hungria, da Eslovênia, da Croácia e da Turquia, bem como nas segundas divisões ou inferiores da Áustria, da Alemanha, da Suíça e da Bélgica.

No caso da Alemanha, são 32 jogos suspeitos de terem sido manipulados: 4 da Segunda Divisão, 3 da Terceira Divisão e 18 de ligas regionais.

Os investigadores, que omitiram informações mais detalhadas para não atrapalhar as investigações, disseram que em todos os casos há uma suspeita concreta ou uma manipulação confirmada ocorrida em 2009.

AS/dpa/rtr

Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais