1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Escândalo da ração contaminada compromete agricultura ecológica

Trigo cultivado sob uso do herbicida Nitrofen, de possível efeito cancerígeno, entrou na preparação de ração animal. Produtos avícolas suspeitos de contaminação estão sendo recolhidos em diversos estados alemães.

O trigo contaminado pelo herbicida Nitrofen, proibido na União Européia, provém de um produtor agrícola ecológico de Brandemburgo. Cento e cinco toneladas do cereal foram redistribuídas no ano passado pela cooperativa de produtos ecológicos GS Agri, da Baixa-Saxônia, e reprocessadas gradativamente por cerca de 100 empresas alimentícias em toda a Alemanha.

Organização ecológica não avisou autoridades

Em dezembro do ano passado, já se sabia que a cooperativa em questão vinha revendendo trigo contaminado. Em seus testes internos de controle de qualidade, a organização ecológica Naturland já constatara doses irregulares do herbicida em suas rações. Em meados de março, a cooperativa GS Agri submeteu suas amostras de trigo a um laboratório em Hamburgo, que registrou 5,96mg de Nitrofen por quilo, sendo que o limite permitido é de 0,01mg.

Após a revelação do escândalo, a Naturland defendeu-se das acusações de omissão, afirmando ter destruído todo o seu estoque de ração contaminada já no ano passado. No entanto, a organização ecológica não informou as autoridades sobre o fato, alegando-se responsável apenas pelo processamento do trigo e não por sua distribuição. Além disso, a Naturland levantou a hipótese de que o trigo não tenha sido contaminado pelo uso ativo do herbicida, mas sim por possíveis resíduos da época em que ainda era usado na agricultura da Alemanha Oriental – uma explicação imediatamente refutada pelas autoridades competentes.

O herbicida Nitrofen, produzido nos EUA no início dos anos 70, foi proibido na Alemanha Ocidental em 1988 e, dois anos depois, no território da antiga Alemanha comunista. A substância provoca irritações nos olhos, na pele e nas vias respiratórias, podendo causar – em doses elevadas – doenças dermatológicas crônicas. Testes com cobaias comprovaram que altas doses de Nitrofen causam câncer, algo que ainda não foi comprovado, no entanto, em seres humanos.

Ministro lamenta "ovelhas negras" na agricultura ecológica

Numa declaração ao diário Süddeutsche Zeitung, o secretário estadual da Agricultura da Baixa-Saxônia, Uwe Bartels, qualificou o caso da ração animal contaminada como "o maior escândalo da agricultura ecológica alemã". Bartels se mostrou indignado com a omissão das organizações e firmas que já tinham conhecimento do caso há meses, mas se recusaram a informar as autoridades a tempo. Seu colega de pasta de Brandemburgo, Wolfgang Birthler, pretende acionar a promotoria pública no caso do uso indevido de Nitrofen.

O escândalo do trigo ecológico contaminado foi usado por políticos democrata-cristãos como pretexto para críticar a política agrária da coalizão de governo social-democrata e verde. O ministro alemão do Exterior, o verde Joschka Fischer, lamentou a existência de "ovelhas negras" até na agricultura ecológica e fez um apelo, para que os estados com governo democrata-cristão aprovem, na segunda câmara do Legislativo, a lei que garante melhor informação ao consumidor sobre os produtos.

Links externos