1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Ericsson teve prejuízo e Nokia superou expectativa

As fabricantes escandinavas de telefones celulares e equipamentos de telecomunicação tiveram desempenho diverso no ano passado.

default

Os celulares da Nokia são vendidos também no Brasil

A empresa sueca Ericsson registrou o primeiro resultado anual negativo da sua história, em 2001, com prejuízos equivalentes a cerca de 2,29 bilhões de euros. O volume de negócios da Ericsson baixou 15% no ano passado, perfazendo 25,09 bilhões de euros. Em 2001, o balanço bruto (sem impostos) apresentou déficit de cerca de 3,28 bilhões de euros. A Ericsson teme prejuízos também no primeiro trimestre de 2002, mas vê perspectiva de melhor desempenho nos meses seguintes.

No ano passado, os lucros da empresa finlandesa Nokia tiveram uma queda de 44% em relação ao ano 2000, mas superaram as expectativas dos analistas do mercado. A fabricante de equipamentos de telecomunicações teve um lucro líquido da ordem de 2,2 bilhões de euros em 2001.

Mercado brasileiro – Um dos grandes mercados de telefones celulares, tanto para a Ericsson quanto para a Nokia, é o Brasil, onde o número de aparelhos aumentou cerca de 20% em 2001, chegando a um total de 28,7 milhões de unidades, segundo os dados da ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações. O Brasil ocupa o sexto lugar em número total de telefones celulares, no ranking mundial.

Links externos