1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Equipes suspendem busca por sobreviventes de naufrágio na Escócia

Cargueiro com 2 mil toneladas de cimento afundou na costa escocesa. Seus oito tripulantes continuam desaparecidos. Guarda Costeira britânica não tem esperança de encontrar os marinheiros.

Cerca de 48 horas após o naufrágio de um cargueiro de cimento na costa escocesa, a guarda costeira britânica desistiu das buscas pelos oito ocupantes da embarcação. O navio Cemfjord, pertencente a uma companhia de navegação de Hamburgo, naufragou no mar agitado próximo da cidade portuária de Wick.

Após terem suspendido as buscas ao anoitecer da véspera, as equipes as retomaram, neste domingo (04/01), com helicópteros, um avião e botes. Segundo porta-voz da guarda costeira "todos os esforços" foram feitos para encontrar a tripulação do Cemfjord, mas não há sinal dos marinheiros.

A tripulação de um barco de passageiros avistara no sábado o casco virado do cargueiro, 24 quilômetros a nordeste da cidade portuária de Wick. O barco de 83 metros de comprimento transportava 2 mil toneladas de cimento da Dinamarca para Runcorn, nos arredores de Liverpool, na costa oeste da Inglaterra.

Registrado no Chipre, o Cemfjord pertence à frota da empresa de navegação alemã Brise. De acordo com esta, sete marinheiros poloneses e um filipino estavam a bordo do cargueiro, que não emitiu nehum pedido de socorro.

"Seja o que aconteceu, aconteceu muito rapidamente", comentou um membro da equipe de resgate à BBC. Construída em 1984, a embarcação foi inspecionada pela última vez em dezembro, de acordo com a empresa de transporte.

MD/dpa/afp

Leia mais