1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Equipes encerram resgate em trens na Baviera

Polícia confirma remoção de todos os corpos das ferragens, diz que não há mais desaparecidos e vê com otimismo recuperação de feridos. Destroços dos vagões ainda estão no local do desastre.

Um dia após a

colisão de dois trens

que deixou dez mortos no sul da Alemanha, a polícia afirmou nesta quarta-feira (10/02) que todos os corpos já foram retirados das ferragens. "Não há mais desaparecidos", ressaltou um porta-voz da instituição local.

Dos 80 feridos na tragédia, 17 permanecem em estado grave. O porta-voz da polícia, porém, se disse confiante de que todos os feridos se recuperariam. "Podemos ser otimistas", afirmou.

Os dois trens transportavam cerca de 150 passageiros quando bateram de frente perto de Bad Aibling, na Baviera, na manhã de terça-feira. A colisão foi tão forte que destruiu completamente parte dos veículos. As causas da tragédia ainda são desconhecidas.

A imprensa alemã noticiou que investigações preliminares indicam que uma

decisão equivocada de um regulador ferroviário

aparentemente teria causado a tragédia. O funcionário é responsável por garantir viagens seguras e pontuais num determinado trecho de uma ferrovia. Ele teria excepcionalmente desativado o sistema de sinalização automática para permitir "quase que manualmente" a passagem de um dos dois trens, que estava atrasado.

A polícia não confirmou essa informação e também ressaltou que não comentará sobre as investigações que estão em andamento. Em entrevista coletiva na tarde de terça-feira,

autoridades haviam evitado especulações

, afirmando ainda não conhecerem as causas da colisão.

O trecho da ferrovia em que o desastre ocorreu possui um sistema de frenagem automática para evitar acidentes, que, aparentemente, não funcionou. A Deutsche Bahn (DB), empresa que opera o serviço ferroviário na Alemanha, afirmou que o trecho passou por uma inspeção na semana passada e descartou problemas técnicos.

Especialistas da DB deram início nesta quarta-feira à remoção dos trens do local do incidente. Um guindaste com capacidade de carregar 160 toneladas foi enviado à região. O transporte ferroviário no trecho foi suspenso por tempo indeterminado.

CN/dpa/afp

Leia mais