1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Equipes de resgate chegam a destroços de avião na Indonésia

Aeronave é encontrada completamente destruída, com os corpos dos 54 passageiros e tripulantes carbonizados. Resgate é suspenso devido às más condições do tempo.

default

Acidente abriu uma clareira no meio da floresta

Equipes de resgate chegaram nesta terça-feira (18/08) ao local do acidente com o avião da empresa aérea Trigana Air, afirmou a principal autoridade de resgate da Indonésia.

A aeronave, que colidiu contra uma montanha no domingo, foi encontrada "completamente destruída" numa clareira na floresta, com os corpos dos 54 passageiros e tripulantes entre as ferragens.

"Tudo estava em pedaços e parte do avião, queimada", disse o chefe da Agência Nacional de Busca e Resgate, Bambang Soelistyo. Ele acrescentou que todos os corpos foram localizados e estavam carbonizados, o que vai dificultar a identificação. O início do recolhimento dos corpos foi adiado devido às péssimas condições do tempo.

Indonesien Absturzstelle Flugzeug Trigana Air Blackbox

Soldado exibe uma das caixas pretas do avião

As duas caixas pretas do voo, que podem oferecer pistas sobre as causas do acidente, foram recuperadas em boas condições.

Foram encontradas também cerca de 6,5 bilhões de rupias indonésias (470 mil dólares), que estavam sendo transportadas por funcionário dos correios. A quantia era do fundo de assistência social do governo e estava parcialmente queimada.

Soelisttyo disse que os destroços foram encontrados a 2.600 metros de altitude. A paior parte da província de Papua é formada por montanhas e florestas impenetráveis. Alguns aviões que caíram na região nunca foram encontrados.

A equipe de resgate, formada por mais de 70 pessoas, havia suspendido os trabalhos na segunda devido ao terreno montanhoso, intenso nevoeiro e chuva.

O responsável por gestão de crises da Trigana Air disse que todos os passageiros eram indonésios e havia três representantes do governo e dois integrantes do parlamento no voo.

A aeronave da Trigana Air saiu de Jaypura com destino à cidade de Oksibil, no domingo, sob péssimas condições climáticas. Após 42 minutos de voo, os controladores perderam contato com a tripulação.

De 2007 a 2009, a União Europeia proibiu os voos de aeronaves indonésias para a Europa por questões de segurança.

A Trigana começou a operar em 1991 e teve 19 acidentes sérios, que resultaram na perda de oito aeronaves e danos em outras 11. Ela continua banida na Europa, assim como seis outras empresas indonésias.

MP/ap/afp

Leia mais