1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

EQUADOR

default

Os equatorianos vão para a segunda Copa do Mundo da história do país certos de que podem alcançar muito mais do que atingiram na primeira participação, em 2002.

Fußball - Nationalmannschaft Ecuador

Venceram Argentina e Brasil

Para chegar à vaga, os equatorianos mantiveram regularidade nas atuações em casa. Venceram sete das nove partidas, incluindo as disputadas contra as duas maiores forças da região, Brasil e Argentina.

A classificação veio na penúltima rodada com um empate contra o Uruguai, em Quito. O Equador travou uma disputa cerrada com o Paraguai pela terceira colocação do grupo, mas se aproveitou da inconstância do adversário e de sua estabilidade com o mando de campo para se sair melhor, mesmo que tenha sido nos critérios de desempate.

O técnico que tem a responsabilidade de levar os equatorianos a uma performance melhor nesta Copa do Mundo é o colombiano Luís Suárez, que pertence à escola de Francisco Maturana, comandante da grande seleção colombiana, de Rincón, Valderrama e René Higuita.

Suárez vive um excelente momento e perfeito ambiente de trabalho no país, mas prefere declarar que ainda é necessário manter o foco para continuar o trabalho de quatro anos atrás. Os equatorianos enfrentam a seleção anfitriã na primeira fase e ainda têm a companhia da Costa Rica e da Polônia no Grupo A do Mundial. Hospedam-se em Bad Kissingen, na região central da Alemanha.

Destaque

Cristian Lara, Ecuador, WM 2006

Lara, a estrela

Christian Lara

Nascimento: 27/04/1980, Quito
Posição: Meio-campo
Time: El Nacional

Convocados

Goleiros: Edwin Villafuerte (Deportivo Quito), Cristian Mora (Liga de Quito), Damián Lanza (Aucas)

Defensores: Iván Hurtado (Al Arabi-Qatar), Geovanni Espinoza (Liga de Quito), Ulises de la Cruz (Aston Villa-Inglaterra), Paúl Ambrossi (Liga de Quito), Néicer Reascos (Liga de Quito) e Jorge Guagua (El Nacional)

Meias: José Luis Perlaza (Olmedo), Marlon Ayoví (Deportivo Quito), Edwin Tenorio (Barcelona), Edison Méndez (Liga de Quito), Patricio Urrutia (Liga de Quito), Cristian Lara (El Nacional), Segundo Castillo (El Nacional), Luis Antonio Valencia (Recreativo de Huelva-Espanha) e Luis Fernando Saritama (Deportivo Quito)

Atacantes: Cristian Benítez (El Nacional), Félix Borja (El Nacional), Carlos Tenorio (Al Sadd -Qatar), Agustín Delgado (Liga de Quito) e Iván Kaviedes (Argentinos Juniors-Argentina)

Primeira fase

Polônia x Equador – 9 de junho, Gelsenkirchen

Equador x Costa Rica – 15 de junho, Hamburgo

Equador x Alemanha – 20 de junho, Berlim

Informações Gerais

Nome: República do Equador

Continente: América do Sul

Capital: Quito

Maiores cidades: Guayaquil, Quito, Cuenca, Machala e Santo Domingo de Los Colorados

Moeda: dólar americano

Idioma: espanhol

Sistema de Governo: República Presidencialista

Dados Geográficos

Área: 283.561 km²

Fronteira: Colômbia e Peru

População

12,9 milhões de habitantes

Expectativa média de vida: 70 anos