1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Entre o PC e a paz no mundo

Em sete cidadezinhas alemãs com nomes sugestivos, funciona na época natalina o "Correio do Papai Noel". Milhares de cartas com desejos de crianças refletem tanto o consumismo quanto a preocupação com a realidade mundial.

default

Cartas para o Papai Noel

Na Alemanha, o nome pitoresco de algumas cidadezinhas contribui para manter entre os baixinhos a crença na existência do Papai Noel. Ou então — em famílias que buscam dar um caráter mais religioso à festa — a de que é o Menino Jesus que traz os presentes de natal.

97267 Himmelstadt (cidade celestial), 16798 Himmelpfort (porta do céu), Himmelthür (bairro de 21137 Hildesheim), 21709 Himmelpforten (ambas significam igualmente porta do céu), Nikolausdorf (aldeia do Nicolau, em 49681 Garrel), 51766 Engelskirchen (igrejas dos anjos) e St. Nikolaus (em 66352 Grossrosseln): estes são os sete endereços do Papai Noel na Alemanha.

Cartas em profusão —

Weihnachtsmann bei der Post

Todos esses lugares — para onde os carteiros começaram a encaminhar as cartas das crianças espontaneamente, décadas atrás — têm serviços especializados junto aos correios, onde contam com a colaboração de voluntários que respondem aos milhares de cartas que chegam anualmente de todas as partes.

Himmelpforten, na Baixa Saxônia, 65 quilômetros a noroeste de Hamburgo, tem inclusive um endereço na internet, já há cinco anos, para onde são enviados, em média, cerca de 35 mil desejos por via eletrônica. Neste caso, até os adultos, quando descobrem o site na rede, se sentem de novo crianças e mandam sua mensagem para o Papai Noel, revela Henrik Steffen, responsável pelas respostas ao correio eletrônico.

Objetos do desejo variam — Hermann Bardenhagen, de 77 anos, que começou a responder as cartas há 40 anos, quando era gerente do correio de Himmelpforten, e continua realizando a tarefa, confessa que nem sempre conhece o que as crianças desejam hoje em dia. Antigamente as bonecas e os carrinhos lideravam as listas, mas "agora são coisas técnicas — computadores, televisores, internet e sei lá mais o quê".

Weihachtsgeschenke

Mas o "Papai Noel" da Baixa Saxônia revela também que as crianças demonstram saber o que se passa no mundo. Muitas desejam que as guerras se acabem, que as crianças do Terceiro Mundo tenham o que comer, ou que o pai consiga um emprego.

Presentear sem exageros — Uma enquete realizada por um instituto de pesquisa de Munique confirma que os presentes mais desejados pelas crianças de 6 a 12 anos são PCs, jogos e consoles, seguidos de bicicletas e patins inline. A publicidade e a influência dos amigos se faz sentir no apego dos baixinhos às grifes da moda.

Diante de listas nada modestas, psicólogos aconselham os pais a realizar alguns dos desejos, porém com moderação. "Aprender que o dinheiro não vem do caixa automático, mas que é preciso trabalhar para ganhá-lo, é um aprendizado importante para as crianças", afirma Gerhard Raab, de Ludwigshafen. As crianças precisam entender que "o Papai Noel não anda por aí com o cartão de crédito na mão para realizar todos os desejos contidos nas listas". É preferível preparar a criança a tempo para o fato de que o Papai Noel não vai trazer tudo o que ela deseja, para evitar decepção e lágrimas no dia da festa.

Leia mais

Links externos