1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Entenda como é eleito o chefe da Fifa

Após a prisão de vários dirigentes, a Federação Internacional de Futebol vive um dia decisivo: a eleição de seu presidente. Apesão do escândalo, tudo indica que Sepp Blatter continuará à frente da entidade.

A eleição do presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), prevista para acontecer no congresso anual da entidade, nesta sexta-feira (29/05), em Zurique, está definida no chamado "Regulamento para a eleição do presidente da Fifa". As regras se aplicam à votação para a escolha entre o atual presidente, Sepp Blatter, e o príncipe jordaniano Ali bin al-Hussein.

Quem pode participar

A fim de concorrer à eleição, o nome do candidato deve ser proposto primeiramente por uma federação e receber o apoio de ao menos outras cinco.

Quem pode votar

Todas as 209 federações da Fifa estão aptas a participar da eleição com um voto cada. Atualmente, elas estão divididas da seguinte maneira em seis confederações: 54 na África, 46 na Ásia, 35 na América do Norte e Central, 11 na Oceania e 10 na América do Sul.

Podem participar da eleição somente os membros presentes. Antes da votação, todos os candidatos têm o direito de fala.

Votação

A escolha é feita sempre pelo congresso da Fifa em votação secreta. Para uma vitória no primeiro turno são necessários ao menos dois terços dos votos (atualmente 140). Se nenhum candidato vencer por maioria absoluta, segue-se para uma segunda rodade de votação. No caso de haver mais que dois candidatos, aquele que obtiver menos votos é excluído do próximo escrutínio. No segundo turno e a cada votação subsequente, a maioria simples de mais de 50% dos votos é suficiente para a eleição do candidato (atualmente 105 votos).

O mandato do novo presidente começa com o fim do congresso em que foi eleito e tem uma duração de quatro anos. Os congressos anuais acontecem sempre na sede da Fifa, em Zurique.

CA/dpa/dw

Leia mais