Energie Cottbus vence o Bayern e reacende disputa pelo título | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 17.03.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Energie Cottbus vence o Bayern e reacende disputa pelo título

Equipe ameaçada de rebaixamento impõe derrota ao líder da Bundesliga e aumenta as chances do vice-líder Hamburgo e do Bayer Leverkusen, terceiro colocado. Grafite marca na vitória do Wolfsburg sobre o Werder Bremen.

default

Dennis Soerensen, do Cottbus, é cercado por Ernesto Sosa (e) e Lúcio, do Bayern de Munique

Com um gol brasileiro, o Wolfsburg venceu o Werder Bremen por 1 a 0 neste domingo (16/03) e tirou a equipe hanseática da zona de classificação para a Liga dos Campeões. O atacante Grafite marcou o único gol da partida, no início da etapa final, após uma jogada de Marcelinho.

A derrota deixou o Bremen na quarta colocação no Campeonato Alemão e encerrou uma semana difícil para a equipe, que foi eliminada da Copa da Uefa pelo Glasgow Rangers e goleada pelo Stuttgart por 6 a 3 no domingo anterior. "Não podemos dizer que passamos por uma boa fase", avaliou o diretor esportivo Klaus Allofs.

Com a vitória, o Wolfsburg retomou a sétima colocação e as esperanças de obter uma vaga para um dos torneios internacionais. A equipe treinada por Felix Magath é a melhor do returno, com 16 pontos em sete jogos. Grafite é o artilheiro da equipe, com nove gols.

Paolo Guerrero vom Hamburger Sportverein jubelt

Tinga (e), do Dortmund, e Paolo Guerrero, do Hamburgo

O Werder Bremen jogou desfalcado de alguns de seus principais jogadores, como Diego e Mertesacker, suspensos, Frings, Borowski e Klasnic, que estão lesionados. "Dava para notar que o Werder estava travado por causa dos jogadores ausentes. Jogamos aqui na hora certa", comentou Magath.

Hamburgo

A boa fase do Wolfsburg será posta a prova no próximo final de semana, quando a equipe enfrenta o Hamburgo, atual vice-líder da Bundesliga.

O Hamburgo conquistou a vice-liderança no sábado passado ao derrotar o Borussia Dortmund por 1 a 0. A vitória diminuiu para cinco pontos a diferença do Hamburgo em relação ao líder Bayern de Munique. O peruano Paolo Guerrero foi o autor do único gol da partida.

As atenções dos torcedores dos Hamburgo estavam voltadas também para as arquibancadas, onde o técnico da seleção croata, Slaven Bilic, assistia à partida. As especulações da imprensa alemã de que Bilic poderá treinar o Hamburgo na próxima temporada foram confirmadas nesta segunda-feira pelo jornal croata Jutarnji List.

Marcel Schaefer und Marcelinho VFL Wolfsburg

Marcelinho (d) e Schaefer comemoram o gol do Wolfsburg

"A direção do Hamburgo deixou claro que eu devo assumir a equipe no verão [europeu]. Mas ainda não falamos sobre os detalhes", declarou Bilic ao diário. O atual técnico, Hubb Stevens, já havia anunciado que deixará o clube ao final da atual temporada.

Leverkusen e Bayern

O Bayer Leverkusen derrotou o Nürnberg por 4 a 1 no domingo e assumiu a terceira colocação do campeonato. "Seria bom se estivéssemos nessa posição no final da temporada", comentou o técnico Michael Skibbe. Foi a 400ª vitória do Leverkusen na história da Bundesliga.

No próximo sábado, a equipe vai a Munique enfrentar o Bayern. Há pelo menos 20 anos o Leverkusen não derrota o atual líder na capital bávara. Já o Nürnberg ainda não venceu com o novo técnico Thomas von Heesen, que está há sete jogos no comando da equipe.

Luca Toni Bayern München

Luca Toni (e) e Mario Cvitanovic disputam a bola

De forma surpreendente, o Bayern foi derrotado no sábado por 2 a 0 pelo Energie Cottbus, uma das equipes ameaçadas de rebaixamento. Os dois gols foram marcados no primeiro tempo pelo sérvio Branko Jelic. Também na etapa inicial, o francês Franck Ribéry desperdiçou um pênalti e a chance de empatar – ao menos temporariamente – a partida.

Foi a segunda vitória do Cottbus sobre o Bayern em dez confrontos válidos pela Bundesliga. A equipe do Leste da Alemanha também conseguiu melhorar um pouco seu saldo negativo de gols em relação aos bávaros: agora são 5 gols para o Cottbus e 26 para o Bayern.

Leia mais