1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Encontro busca impulsionar médias empresas da América Latina na Alemanha

Principal foco de evento em Colônia é apresentar aos empresários latinos as oportunidades de negócios no país europeu. Pela segunda vez, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, será a convidada de honra.

A cidade de Colônia, na Alemanha, vai sediar nos dias 27 e 28 de outubro o 65º Dia da América Latina, ou Lateinamerika-Tag. O encontro, que vai reunir centenas de empresários e políticos alemães e latino-americanos, pretende apresentar oportunidades de negócios e parcerias na Alemanha para médias empresas da América Latina.

Tendo como principais temas "médias empresas na América Latina" e "financiamento de comércio e investimentos", o encontro vai contar com a participação da presidente do Chile, Michelle Bachelet. Será a segunda vez que a líder sul-americana é a convidada de honra do evento, repetindo a edição de 2006 em Stuttgart.

"A ideia principal deste ano não é apresentar empresas alemães que estão a caminho da América Latina, mas as médias empresas latino-americanas que ainda não possuem negócios com a Alemanha", diz Christoph G. Schmitt, gerente-geral da Associação Empresarial para América Latina (LAV, em alemão). "Vamos abordar três temas principais: condições, necessidades de inovação e internacionalização dessas médias empresas latino-americanas."

Ele afirmou, ainda, que o evento tem o objetivo de mostrar às médias empresas alemãs como são os negócios na América Latina e, também, tornar os países latinos mais atrativos para investimentos alemães. Para Schmitt, é importante incentivar uma plataforma de informações para que empresas latino-americanas se dirijam para a região da Renânia do Norte-Vestfália – onde se localiza Colônia – e, também, para a Alemanha.

"Parceria é muito dinâmica"

Michelle Bachelet Präsidentin Chile

Assim como na edição de 2006, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, é a convidada de honra do evento

Thomas Neisinger, embaixador responsável pela América Latina e Caribe no Ministério do Exterior alemão, afirmou que o evento abre mais uma possibilidade para que as empresas da América Latina e da Alemanha realizem negócios. Ele frisou, também, que o país europeu precisa da parceria com o continente latino-americano.

"A parceria alemã com a América Latina é muito dinâmica. Não é à toa que o continente latino-americano é um grande mercado para as empresas alemãs", afirmou o diplomata. "Há uma ligação muito estreita das duas regiões no tocante a cultura, economia e investimentos."

Serão dois dias de conferências, sendo que o dia 27 de outubro vai ter como tema "Financiamento de comércio e investimentos" e, no dia 28, "Médias empresas na América Latina". Tradicionalmente, um presidente latino-americano é convidado de honra e, repetindo a edição de 2006 realizada em Stuttgart, a presidente chilena, Michelle Bachelet, será recepcionada no último dia com um jantar de gala.

A LAV – principal organizadora do Dia da América Latina – foi fundada em 1916 por comerciantes de Hamburgo e Bremen e é uma rede empresarial e plataforma de informações para representantes da economia alemã com interesse na América Latina. A associação apoia empresas de todos os setores na implementação e ampliação de atividades comerciais na região e, também, estimula as relações entre a Alemanha e países da região.

Leia mais