1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Encontrados na Argentina fósseis de maior dinossauro de todos os tempos

Paleontólogos argentinos calculam que animal encontrado na Patagônia tinha 40 metros e pesava o equivalente a 14 elefantes. Ele desbanca o argentinossauro como maior sáurio que já viveu sobre a Terra.

Cientistas argentinos anunciaram nesta sexta-feira (16/05) a descoberta dos restos do maior dinossauro conhecido até agora.

Ruben Cuneo, diretor do Museu Paleontológico de Trelew, na província patagônica de Chubut, no sul da Argentina, informou que o animal herbívoro media por volta de 40 metros de comprimento e pesava cerca de 80 toneladas, o equivalente a 14 elefantes africanos.

Ele pertenceria ao grupo dos saurópodos, que viveu há aproximadamente 95 milhões de anos. Os cientistas afirmaram ter descoberto, entre outros, os restos bem conservados de sete desses que foram talvez os maiores animais que já existiram no planeta.

Dinosaurier Fund Argentinien BESCHRÄNKUNG

Sítio de escavação em Chubut, Patagônia

Sensação na mídia

Na mídia europeia, a notícia foi tratada como uma sensação. Segundo o site da revista Der Spiegel, os ossos foram achados por um camponês no deserto próximo a La Flecha, a cerca de 250 quilômetros a oeste da cidade de Trelew, numa região em que é comum encontrarem-se restos fósseis de dinossauros. O agricultor alarmou então o Museu Paleontológico da cidade.

Lentamente, o grupo de pesquisadores liderado por José Luis Carballido e Diego Pol escavou 150 ossos pertencentes a sete animais adultos. Em entrevista à emissora britânica BBC, os pesquisadores afirmaram que "a julgar pelo tamanho desses ossos, essa nova espécie de dinossauro foi o maior ser vivo de todos os tempos".

A Spiegel informa que o maior fêmur serviu como base para a medição do animal, entre as dezenas de ossos encontrados. "Da cabeça até a ponta da cauda, o dinossauro media um total de 40 metros", afirmou Carballido. "Com o pescoço erguido, tinha por volta de 20 metros de altura – tão grande quanto um prédio de sete andares."

Até agora, o argentinossauro era considerado o maior sáurio de todos os tempos. Seus restos também foram encontrados na Patagônia. Inicialmente, os cientistas calcularam seu peso em 100 toneladas, mas depois corrigiram seus dados para 70 toneladas, abaixo do atual recordista, comentou a revista alemã.

CA/afp/dpa/ots

Leia mais