1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Encontrados corpos das vítimas de queda de helicóptero no Nepal

Seis soldados americanos e dois nepaleses estavam em aeronave militar americana desaparecida desde terça-feira. Causas ainda estão sendo investigadas e militares garantem que missão humanitária não deverá ser afetada.

Autoridades nepalesas confirmaram que os corpos das vítimas do acidente com um helicóptero americano foram recuperados neste sábado (16/05), após dias de buscas.

A aeronave se acidentou na terça-feira durante uma missão de ajuda humanitária, após o terremoto que devastou o norte do país. Um porta-voz do Exército do Nepal informou que os corpos serão enviados à capital do país, Katmandu.

O helicóptero, que levava seis soldados da marinha americana e dois nepaleses, transportava ajuda a regiões afetadas pelostremores de 7,8 graus de magnitude, ocorridos em 25 de abril. O acidente ocorreu após uma mensagem de rádio informando que a aeronave enfrentava problemas de combustível.

Aeronaves americanas e nepalesas realizaram buscas pelo helicóptero Huey, utilizado na Guerra do Vietnã. Os destroços foram encontrados na sexta-feira, a 24 quilômetros da cidade de Charikot.

O almirante Samuel J. Locklear, comandante da Unidade de Comando americana no Pacífico, lamentou o trágico acidente. "Juntos, estamos de luto, após nosso país e a República Federal do Nepal perderem oito homens corajosos", afirmou.

Enquanto as causas do acidente ainda estão sendo investigadas, o tenente-general da Marinha americana John Wissler assegurou que o acidente não afetará as operações de resgate. "Continuaremos ajudando o Nepal, enquanto for preciso."

Após o terremoto, equipes de resgate de diversos países chegaram ao Nepal para prestar assistência às cerca de oito milhões de pessoas afetadas.

Mais de oito mil pessoas morreram nas últimas semanas. O número de vítimas aumentou após um segundo terremoto de 7,3 graus de magnitude atingir novamente a região, na última terça-feira.

A ONU renovou os pedidos urgentes de assistência às pessoas isoladas em áreas remotas do país, afirmando que apenas 14% do total de 371 milhões de euros necessários para financiar a ajuda foram arrecadados.

RC/ap/afp/rtr

Leia mais