Enchentes provocam mortes no Leste Alemão | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 08.08.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Enchentes provocam mortes no Leste Alemão

Chuvas fortes e rompimento de barragem provocaram a subida do nível dos rios na fronteira da Alemanha com a Polônia. Situação ainda é dramática na região.

default

Nível da água subiu muito rápidamente em Görlitz

Chuvas fortes na região central da Europa e o rompimento de uma barragem na Polônia surpreenderam moradores do estado alemão da Saxônia. Até este domingo (08/08), já eram pelo menos 11 o número de vítimas por causa das chuvas na fronteira entre a Alemanha, Polônia e República Tcheca.

Neste sábado, a invasão repentina da água provocou a morte de três pessoas na cidade alemã de Neukirchen. Os bombeiros encontraram os corpos de dois homens e uma mulher no interior de um porão, segundo informou a polícia de Chemnitz. As vítimas tinham entre 63 e 74 anos.

Neste fim de semana, o estado alemão da Saxônia registrou um volume de chuva recorde: aproximadamente 160 litros por metro quadrado. Em 2002, o estado viveu uma catástrofe semelhante.

O nível do rio Neisse, que corta o território tcheco e faz divisa entre Alemanha e Polônia, ultrapassou a marca dos sete metros na cidade de Görlitz – nesta época do ano, o nível normal do rio é de 1,70 metro.

Hochwasser in Sachsen Flash-Galerie

Voluntários usam botes em Ostritz, às margens do Neisse

A expectativa é que essa marca chegue a 7,20 metros ainda neste domingo, segundo informou o porta-voz da secretaria de Meio Ambiente da Saxônia, Andreas Kunze. Aproximadamente 1.500 pessoas que moram nas proximidades dos rios Neisse e Mandau foram evacuadas.

Em Görlitz, aproximadamente 1.700 voluntários estão de prontidão. Ainda neste domingo, as inundações devem atingir áreas mais ao norte da cidade. "Rothemburgo é a próxima da lista, e em Bad Muskau a enchente deve chegar à tarde", afirmou Gerlind Walter, do serviço de prevenção de catástrofes. Segundo autoridades alemãs, a região não sofria enchentes dessa proporção há 100 anos.

Em Lausitz, o rio Spree chegou ao nível mais alto de alerta e houve deslizamentos de terra nas margens do rio Elba, também devido às enchentes. Segundo o Serviço Alemão de Meteorologia, a região terá um alívio passageiro, já que as chuvas seguiram para a região nordeste.

Hochwasser Görlitz August 2010

Görlitz, às margens do rio rio Neisse

Causas e previsão

O nível do rio Neisse subiu drasticamente depois que uma barragem do reservatório de Witka, na Polônia, rompeu na tarde deste sábado. O ministro polonês do Interior, Jerzy Miller, visitou a região afetada e disse que o reparo da barragem é de alta prioridade.

A reunião prevista para segunda-feira sobre a segurança na área de fronteira, entre o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, e o seu homólogo polonês, foi cancelada devido às enchentes.

Na Alemanha, as inundações podem chegar também aos estados de Brandemburgo e Saxônia-Anhalt, mas não devem causar os mesmos impactos vistos na Saxônia.

NP/dpa/apn
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais