1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Empresas de software e telecomunicações terão menor crescimento este ano

A desaceleração do aumento de negócios na área de tecnologia de ponta deverá se manter em 2001, informa o Instituto de Pesquisa Econômica.

default

Conjuntura econômica dá dor de cabeça para os executivos do setor de tecnologia da informação

Os profissionais do setor de tecnologia de informação não podem contar com o crescimento econômico do ano passado para 2002. Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica (Ifo) feita com empresários alemães da área de telecomunicação e desenvolvimento de software mostrou que o ano de 2002 será de crescimento moderado. Os entrevistados correspondem a um terço do faturamento total do setor.

O crescimento dos negócios de tecnologia de informação foi de 5% em 2001, cerca da metade do ano anterior. Pelas expectativas do instituto sediado em Munique a desaceleração deve continuar. Este foi o resultado mais pessimista desde 1995, quando foram feitas as pesquisas sobre a conjuntura econômica.

Os empresários do setor de desenvolvimento de software tiveram uma forte queda nas encomendas de programas a partir do terceiro trimestre de 2001, acentuando uma tendência que se delineava no primeiro semestre. Nos dois últimos meses do ano, 40% dos executivos disseram considerar o volume de encomendas de suas empresas muito pequeno. Em 2000, o faturamento das empresas de tecnologia de ponta foi de 59 bilhões de euros (125 bilhões de reais) na Alemanha.

Pela primeira vez, desde 1995, o segmento de tecnologia da informação não teve aumento no número de postos de trabalho. O saldo entre demissões e contratações proporcionou uma balança equilibrada em 2001. Nos dois anos anteriores os índices de aumento de empregos foram de 3% na área. Em 1998, quase dois terços dos empresários reclamavam da falta de mão-de-obra especializada, hoje a escassez é problema para apenas 23% dos executivos.