1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Emboscada deixa 15 policiais mortos no México

Autoridades suspeitam que cartel do narcotráfico esteja por trás do atentando. Homens armados abriram fogo contra comboio de unidade de elite, supostamente em vingança contra recentes prisões. Ataque é o pior desde 2010.

Uma emboscada no México deixou 15 policiais mortos e outros cinco feridos, segundo informaram as autoridades do país nesta terça-feira (07/04). O comboio de uma unidade de elite da polícia mexicana foi atacado na noite de segunda-feira em uma rodovia no estado de Jalisco, no oeste do país.

Segundo as autoridades, os agressores abriram fogo contra a comitiva que trafegava em uma via rural entre Puerto Vallarta e Guadalajara. Esse foi o pior ataque contra forças seguranças no país desde 2010, quando doze policiais foram mortos no estado de Michoacán.

O comissário de Segurança de Jalisco, Francisco Alejandro Solorio, classificou o ataque como "covarde" e afirmou que o governo não pode baixar a guarda contra o crime organizado.

As autoridades suspeitam que o ataque tenha sido um ato de vingança do cartel de drogas Jalisco Nova Geração. Vários integrantes da organização criminosa foram presos recentemente no decorrer de uma investigação sobre a tentativa de assassinato a Solorio, no dia 30 de março.

Solorio disse ainda que os recentes atentados são uma represália por um tiroteio entre forças de segurança e criminosos que ocorreu em 23 de março, no qual um dos líderes do cartel teria sido morto.

A emboscada de segunda-feira foi a última de uma série de ataques em Jalisco contra forças de seguranças. O chefe da polícia da cidade de Zacoalco de Torres também foi assassinado no mesmo dia. Em 19 de março, homens armados abriram fogo contra policiais federais, matando cinco agentes.

CN/efe/lusa/ap

Leia mais