1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Embaixador Abdenur despede-se da Alemanha

Transferido para Viena, o embaixador Roberto Abdenur deixa a Alemanha, depois de mais de seis anos como representante do Brasil.

default

Abdenur teve grande êxito como representante do Brasil na Alemanha

O embaixador brasileiro na Alemanha, Roberto Abdenur, está de saída. Após 6 anos e 4 meses de trabalho como representante do Brasil na Alemanha, o diplomata foi transferido para Viena, onde chefiará a missão diplomática brasileira não só junto à Áustria, mas também à Croácia, à Eslovênia e à Eslováquia.

Numa solenidade de despedida promovida no último fim de semana (23/24), em Berlim, pela Sociedade Teuto-Brasileira (Deutsch-Brasilianische Gesellschaft), o diplomata aproveitou para fazer um balanço dos trabalhos prestados durante o tempo que ele próprio considera "bastante longo para os padrões de um diplomata".

"Com poucos países o Brasil tem uma relação tão ampla, tão forte, tão diversificada e tão dinâmica como tem como a Alemanha", salientou, lembrando progressos nas relações entre os dois países alcançados durante os seis anos que chamou de "era Fernando Henrique Cardoso". Durante esse tempo, foram quatro as viagens do presidente brasileiro à Alemanha e três as de chanceleres alemães ao Brasil.

Schröder no Brasil

Segundo Abdenur, o "fecho de ouro" de seu trabalho foi a viagem de Gerhard Schröder ao Brasil, a primeira do chanceler em quase quatro anos de governo.

Segundo o embaixador, "as relações bilaterais ficaram ainda mais enraizadas com a viagem do chanceler Schröder ao Brasil, quando foram formalizados documentos importantes, como um plano muito amplo de atuação, articulando todas as principais iniciativas nas relações bilaterais, com novos impulsos, como a diversificação dos investimentos alemães do Brasil nas áreas de infra-estrutura e energia, assim como o incremento de um diálogo das sociedades, para aproximar ainda mais os dois povos e as duas culturas".

Roberto Abdenur ressaltou também o acordo de cooperação na área espacial, além de "algo decisivo para os dois países no plano político": eles se juntaram em busca de mandatos permanentes no Conselho de Segurança das Nações Unidas, "o órgão onde são tomadas as grandes decisões para a paz e a segurança do mundo, em sua totalidade".