1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Em "jogo feio", México erra menos e vence o Irã

Abertura do grupo D, que tem ainda Portugal e Angola, registra duelo de baixo nível técnico apesar de os mexicanos terem vencido por 3 a 1.

default

Bravo marcou dois pelo México

No jogo com o menor nível técnico da Copa do Mundo até agora, o México conseguiu errar menos do que o Irã neste domingo, em Nurembergue, e venceu por 3 a 1 a abertura do grupo D.

Mexicanos e iranianos criaram poucas chances de gols, apesar do placar elástico. Mais falharam, na marcação, criação e conclusão do que renderam bons momentos para a torcida que lotou o estádio.

E o time do zagueiro Rafa Márquez, que atua pelo Barcelona, é ainda o cabeça-de-chave deste grupo, quarto colocado no ranking da Fifa.

O Irã começou melhor em campo, demonstrando vontade e aplicação tática. Mas logo encontrou dificuldades para transformar em gols as chances que criava, e logo cedeu. Aos 27 minutos, Bravo pegou o rebote de uma cobrança de escanteio e abriu o placar.

Golmohammadi empatou aos 35 minutos após confusão dentro da área do México. A bola acabou sobrando para o zagueiro empurrar para as redes. A seqüência da primeira etapa foi monótona.

O jogo só foi reaquecido no segundo tempo, e em partes. Aos 31 minutos iranianos e mexicanos apresentaram um show de erros que terminou com mais um gol de Bravo. O goleiro Mirzapour errou ao repor a bola, Sinha recuperou, depois perdeu para o beque Rezaei, que falhou também ao afastar de sua área. Bravo aproveitou e fez 2 a 1.

Sinha, nascido em São Paulo, fez dois minutos mais tarde única bela jogada do México no jogo. Pelo meio, carregou a marcação adversária, tocou na direita e correu na área para, de cabeça, fazer 3 a 1.

Agora os mexicanos enfrentam Angola na sexta-feira (16/6), em Hannover, e o Irã joga contra Portugal no sábado em Frankfurt.

MÉXICO 3 x 1 IRÃ

México

Sánchez; Osorio, Márquez e Salcido; Pardo, Torrado (Perez), Méndez, Pineda e Franco (Sinha); Borgetti (Fonseca) e Bravo

Técnico: Ricardo La Volpe

Irã

Mirzapour; Golmohammadi, Rezaei, Nosrati (Borhani) e Kaabi; Nekounam, Teymourian, Mahdavikia e Karimi (Madanchi); Ali Daei e Hashemian

Técnico: Branko Ivankovic

Data: 11/6/2006 (Domingo)

Local: Franken-Stadion, em Nuremberg

Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)

Auxiliares: Cristiano Copelli e Allessandro Stagnoli (ambos italianos)

Cartões amarelos: Torrado, Salcido (M); Nekounam (I)

Gols: Bravo (M) aos 27min, Golmohammadi (I), aos 35min do primeiro tempo; Bravo (M), aos 31min, Sinha (M), aos 33min do segundo tempo

Leia mais