1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Em Hockenheim, o show foi de Montoya

Com uma performance brilhante, o piloto colombiano Juan Pablo Montoya venceu o GP da Alemanha, no circuito de Hockenheim. Rubens Barrichello teve de abandonar a prova, após uma colisão, logo na primeira volta.

default

GP da Alemanha começou com uma colisão sensacional entre Räikkönen (foto), Ralf Schumacher e Rubinho

O show de Hockenheim não foi dado pelos pilotos alemães, mas ainda assim o público germânico mostrou-se satisfeito: os dois primeiros lugares foram para motores fabricados na Alemanha – BMW e Mercedes. Juan Pablo Montoya largou na pole position e disputou uma corrida tranqüila, vencendo com soberania. David Coulthard (McLaren-Mercedes) cruzou a linha de chegada em segundo lugar, à frente de Jarno Trulli (Renault).

Logo após a largada, ocorreu uma colisão entre Ralf Schumacher (Williams-BMW), Kimi Räikkönen (McLaren-Mercedes) e Rubens Barrichello (Ferrari). Os três tiveram de abandonar a prova, da mesma forma como o piloto alemão Heinz-Harald Frentzen (Sauber-Petronas), cujo carro foi danificado por estilhaços da batida. A culpa do acidente foi atribuída pela FIA a Ralf Schumacher. No próximo GP da Hungria, o piloto alemão será punido, largando dez posições atrás da sua colocação.

Michael Schumacher teve, mais uma vez, enormes problemas com os pneus Bridgestone, pouco apropriados para corridas com temperaturas elevadas. Neste domingo (3/8), foram registradas temperaturas de mais de 30ºC em Hockenheim. Os pneus já tinham sido o principal motivo da má colocação de largada para "Schummi", a sexta posição. O campeão logrou reconquistar terreno chegando até à segunda colocação, mas a pane em um dos pneus, quase no final da prova, fez com que ele caísse novamente para a sétima colocação.

Campeonato de 2003

Com a vitória em Hockenheim, Juan Pablo Montoya é agora o maior rival de Michael Schumacher na disputa do título de campeão da Fórmula 1 em 2003. O piloto alemão da Ferrari ainda lidera o campeonato com um total de 71 pontos, mas agora só tem seis pontos de vantagem sobre o colombiano da Williams-BMW.

Os outros três pretendentes ao título foram protagonistas do crash de abertura da prova de Hockenheim. Para Rubens Barrichello e Ralf Schumacher, as chances de disputar seriamente o título de 2003 ficaram bastante reduzidas, após o acidente deste domingo. Tal avaliação foi feita pelo próprio Ralf Schumacher que tem 53 pontos, quatro mais que Rubinho. Além de Juan Pablo Montoya, somente Kimi Räikkönen (com 62 pontos) é que pode constituir uma ameaça à posição de liderança que ainda é mantida por Michael Schumacher.

Resultado em Hockenheim

  • Juan Pablo Montoya
  • David Coulthard
  • Jarno Trulli
  • Fernando Alonso
  • Olivier Panis
  • Cristiano da Matta
  • Michael Schumacher

    Classificação no campeonato mundial de 2003

  • Michael Schumacher (Ferrari) – 71 pontos
  • Juan Pablo Montoya (Williams-BMW) – 65 pontos
  • Kimi Räikkönen (McLaren-Mercedes) – 62 pontos
  • Ralf Schumacher (Williams-BMW) – 53 pontos
  • Rubens Barrichello (Ferrari) – 49 pontos
  • Fernando Alonso (Renault) – 44 pontos
  • David Coulthard (McLaren-Mercedes) – 41 pontos
  • Jarno Trulli (Renault) – 22 pontos
  • Mark Webber (Cosworth-Jaguar) – 12 pontos
  • Jenson Button (BAR-Honda) – 12 pontos
  • Giancarlo Fisichella (Jordan-Ford) – 10 pontos
  • Cristiano da Matta (Toyota) – 8 pontos
  • Heinz-Harald Frentzen (Sauber-Petronas) – 7 pontos
  • Olivier Panis (Toyota) – 6 pontos
  • Jacques Villeneuve (BAR-Honda) – 3 pontos
  • Nick Heidfeld (Sauber-Petronas) – 2 pontos
  • Ralph Firman (Jordan-Ford) – 1 ponto
  • Leia mais