1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Elsa deve pedir concordata

A fabricante alemã de modems e placas gráficas Elsa AG está prestes a falir. A empresa deve pedir concordata e encerrar suas atividades no dia 1° de maio, informou o administrador provisório da massa falida, Thomas Georg, nesta quarta-feira(24). Ele disse que não vê mais alternativa de sobrevivência para a empresa, sediada em Aachen, na Renânia do Norte-Westfália.

Georg não conseguiu conquistar um novo investidor para a Elsa, que teve prejuízos de mais de € 50 milhões no ano passado. A empresa deve cerca de € 30 milhões a fornecedores. Georg quer tentar salvar, pelo menos, 70 dos 340 empregos em Aachen e Munique.

Gestada na incubadora industrial da Universidade Técnica de Aachen em 1980, a Elsa lançou ações no Novo Mercado em meados de 1998. Desde então, as ações caíram de 25 euros para 45 cents. Em 15 de fevereiro deste ano, o consórcio de bancos que levara a empresa à bolsa negou-lhe um crédito de € 28 milhões. Foi o começo do fim.

Leia mais