1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

+Eleições europeias em tempo real+

Partidos de centro-direita devem obter 212 das 751 cadeiras do Parlamento Europeu. Comparecimento de eleitores nas eleições é de 43,11%. Acompanhe as últimas informações.

default

Depois de pesquisas indicarem vitória de seu partido, Marine Le Pen pediu a dissolução do Parlamento francês

Todos os posts no horário de Brasília.

19:47 - Resultados preliminares das eleições europeias, segundo dados da Reuters:

Centro-direita: 212 cadeiras
Socialistas: 185 cadeiras
Liberais: 71 cadeiras
Verdes: 55 cadeiras
Extrema esquerda: 45 cadeiras
Conservadores: 40 cadeiras
Independentes: 40 cadeiras
Nacionalistas: 36 cadeiras
Outros: 67 cadeiras

19:28 - O partido de direita Fidesz saiu vitorioso na votação europeia na Hungria, com 51,5% dos votos.

19:03 - O líder do Partido de Independência do Reino Unido (UKIP, na sigla em inglês), Nigel Farage, disse que a legenda está prestes a causar um "terremoto político" na Grã-Bretanha ao ganhar as eleições europeias no país. "O UKIP vai vencer esta votação e isso será um terremoto porque nunca antes na história da política britânica um partido visto como insurgente liderou as urnas em uma eleição nacional", disse Farage.

18:53 - Os primeiros resultados da apuração da eleição europeia na Grã-Bretanha indicam a liderança do Partido de Independência do Reino Unido (UKIP, na sigla em inglês).

18:47 - O partido conservador do governo do Chipre reivindicou a vitória nas eleições europeias, com uma taxa de participação de 42,3%, a mais baixa do país em sua história política. A contagem final dos votos atribuiu à União Democrática (DISY), o partido do presidente Nikos Anastasiades, 37,75% dos votos.

18:45 - A oposição conservadora da Croácia venceu as eleições para o Parlamento Europeu com 41% dos votos, numa eleição marcada por uma abstenção superior a 75%, segundo resultados oficiais preliminares.

18:40 - O Partido Popular Europeu lidera a apuração de votos da eleição europeia com 28,1% dos votos. Em segundo lugar, o Partido de Socialistas Europeus tem 25,7% dos votos. "O povo votou pela responsabilidade e estabilidade", disse o líder do PPE, Joseph Daul, reivindicando o direito da legenda de presidir a Comissão Europeia.

18:16 - O Partido Popular espanhol venceu as eleições europeias de hoje, apesar de, tal como o maior partido da oposição, o PSOE, ter perdido apoio significativo face a 2009, segundo os primeiros dados oficiais. Com 97,59% dos votos escrutinados, o PP obteve 26,03% dos votos, elegendo 16 deputados.

18:05 - O Partido Democrata, do premiê italiano Matteo Renzi, é líder na apuração dos votos da eleição europeia na Itália. Segundo pesquisa do instituto EMG, a legenda tem 33% dos votos.

17:52 - Partidos de centro-direita devem obter 211 das 751 cadeiras do Parlamento Europeu, segundo primeira projeção oficial divulgada pela UE.

17:46 - A participação nas eleições europeias na Espanha foi de 45,58%, cifra que representa um ligeiro aumento em relação à última votação.

17:33 - Estimativas preliminares colocam o conservador Partido Popular Europeu na liderança da disputa, com 28,10% dos votos.

17:29 - De acordo com a agência de notícias Associated Press, partidos de extrema direita e eurocríticos devem obter pelo menos um terço das 751 cadeiras do Parlamento Europeu.

16:56 - O comparecimento de eleitores nas eleições para o Parlamento Europeu foi de 43,11%. É a primeira vez na história da votação, realizada desde 1979, que a participação do eleitorado não cai.

16:51 - O Partido Democrata da Suécia, com uma plataforma anti-imigração, deve conquistar sua primeira cadeira no Parlamento Europeu. Segundo projeções preliminares, a legenda obteve 7% dos votos na eleição. O partido radical Iniciativa Feminista também deve ganhar um assento.

16:38 - Na Dinamarca, o Partido do Povo, com uma plataforma contra imigrantes, deve sair vencedor, segundo pesquisas de boca de urna e projeções preliminares.

15:40 - Os colégios eleitorais na Espanha encerraram a votação deste domingo. As pesquisas de boca de urna ainda não apontam um claro vencedor.

15:39 - A líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, pediu a dissolução do Parlamento francês após as pesquisas de boca de urna indicarem a vitória de seu partido nas eleições para o Parlamento Europeu. "O que mais o presidente pode fazer depois de tamanha rejeição?", questionou Marine. O Partido Socialista, do presidente François Hollande, ficou em terceiro lugar, segundo resultados preliminares da votação.

15:33 - Resultados preliminares dão entre 24% e 25% dos votos na França para o partido de extrema direita liderado por Marine Le Pen. A legenda, que é contra a imigração e contra a União Europeia, deve obter cerca de um terço das 74 cadeiras da França no Parlamento Europeu.

15:04 - Pesquisas de boca de urna na França dão ao partido Frente Nacional, de extrema direita, a vitória nas eleições para o Parlamento Europeu.

14:48 - O presidente do SPD, Sigmar Gabriel, defendeu a eleição de seu colega de partido, Martin Schulz, para a presidência da Comissão Europeia. "Só podemos eleger no Parlamento alguém para a presidência que também foi eleito aqui. É uma questão de credibilidade política", disse Gabriel.

14:38 - A baixa participação do eleitorado marcou as eleições na Espanha. A poucas horas do fechamento das urnas, o comparecimento nos centros de votação era de 34,08%.

14:09 - O partido radical de esquerda Syriza ganhou as eleições para o Parlamento Europeu na Grécia. Segundo pesquisas de boca de urna, a legenda teria obtido entre 26% e 30% dos votos.

14:01 - O social-democrata Martin Schulz elogiou a "presença sólida" dos eleitores na votação para o Parlamento Europeu. "Foi uma medida de renovação democrática na Europa o fato de que todos os partidos social-democratas e socialistas da Europa terem concordado em um candidato único. Foi um grande passo à frente", disse Schulz na sede do SPD em Berlim.

13:32 - Resultados parciais, segundo pesquisas de boca de urna das redes de televisão ARD e ZDF, das eleições para o Parlamento Europeu na Alemanha:

CDU: 36%
SPD: 27,5%
Partido Verde: 11%
A Esquerda: 8%
Alternativa para a Alemanha (AfD): 6,5%
FDP: 3%
NPD: 0,8%

13:26 - O partido ultradireitista alemão NPD pode ganhar uma das 96 cadeiras da Alemanha no Parlamento Europeu, informou a rede de televisão ARD. A legenda, que tem partidários neonazistas, teria obtido 0,8% dos votos.

13:12 - A União Democrata Cristã (CDU), partido da chanceler alemã, Angela Merkel, obteve a maioria dos votos na Alemanha nas eleições, segundo uma pesquisa de boca de urna. Os números conquistados pela legenda, porém, foram mais baixos do que os registrados em votações anteriores.

13:08 - O partido eurocrítico Alternativa para a Alemanha (AfD) conquistou, pela primeira vez, assentos representando o país no Parlamento Europeu, segundo uma pesquisa de boca de urna da rede de televisão ARD. De acordo com o levantamento, a legenda obteve 6,5% dos votos.

12:58 - O comparecimento na votação para o Parlamento Europeu na França aumentou ligeiramente em comparação às eleições de 2009, apontam dados do Ministério do Interior do país. A três horas do fim da votação, 35,07% dos eleitores já haviam comparecido aos centros de votação em 2009, durante o mesmo período, o comparecimento registrado foi de 33,18%.

RM/afp/dpa/rtr/ap/lusa

Leia mais