1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Camarote.21

Edição do dia 16/03

Ficou curioso sobre as reportagens desta edição do Camarote.21? Aqui você encontra mais informações sobre os artistas, eventos e exposições que mencionamos. Se ficou com alguma dúvida, escreva para nós.

Arte com comida

O fotógrafo britânico

Carl Warner

compõe paisagens usando apenas alimentos. As fotografias dele lembram, de certa forma, os quadros pintados pelo italiano

Giuseppe Arcimboldo

no século 16 – com a vantagem de que as obras do britênico podem ser degustadas depois da sessão de fotos. Neste

link

você encontra diversas fotos do artista.

Retrospectiva de Emil Nolde

Flores, paisagens e imagens do mar da Polinésia são as obras mais conhecidas do pintor alemão

Emil Nolde

. Uma mostra em Frankfurt, porém, vai além e traz 140 trabalhos feitos pelo grande expressionista de 1904 até 1956. A

exposição

exibe também quadros que até hoje raramente foram vistos, como as obras grotescas do período inicial. A primeira retrospectiva de Nolde em 25 anos pode ser vista no

Museu Städel

até o dia 15 de junho. A DW Brasil preparou uma

matéria

detalhada sobre a exposição.

Deutsche Welle Brasilien Kulturmagazin Camarote

Jan Becker hipnotizou até a repórter da DW

A força da mente

Jan Becker é hipnotizador e garante não ter qualquer poder sobrenatural, apenas um bom poder de convencimento. Ele faz shows de hipnose e leva o público a obedecer suas ordens. Ficou curioso? No

site

dele você pode ver alguns vídeos do hipnotizador.

Nessi lança primeiro disco

A cantora pop alemã

Nessi

conquistou o público com seu o primeiro álbum, Twentythree Years. Aos 19 anos, ela deixou sua cidade natal, Hamburgo, para tentar a sorte no concorrido mercado musical da capital alemã. Nessi divulgou suas canções via

Youtube

e

Facebook

até conseguir o primeiro contrato com uma gravadora.

Deutsche Welle Brasilien Kulturmagazin Camarote

Clássicos de Coco Chanel em Hamburgo

Coco Chanel em Hamburgo

A grande dama da moda,

Coco Chanel

, criou as roupas da mulher moderna, e seu nome virou grife já no início do século 20. Em uma época em que as mulheres ainda usavam corpete e babados, ela inventou o famoso pretinho básico, copiado em inúmeras variações até hoje. Uma

exposição

no

Museu de Artes e Ofícios

de Hamburgo é dedicada ao mito da Chanel e apresenta uma grande coleção de clássicos da moda.

Arquitetura moderna do pós-guerra

Geralmente considerados feios e dispensáveis, os edifícios construídos na Alemanha após 1945 – durante o chamado modernismo pós-guerra – não costumam ter muitos fãs. Mas, na opinião de especialistas como o arquiteto

Adrian von Buttlar

, está na hora de rever o conceito sobre essas construções. Ele defende a importância de preservar todas as camadas da cidade e manter seus resquícios visíveis e integrados ao patrimônio histórico. Quer saber mais sobre as fases históricas da arquitetura na Alemanha? Clique

aqui

.

Deutsche Welle Brasilien Kulturmagazin Camarote

Pumeza lançou álbum com canções em seu idioma

Cantora de ópera por acaso

Pumeza Matshikiza

superou a pobreza e a brutalidade do Apartheid na África do Sul e hoje brilha nos palcos da Alemanha como cantora de ópera. Há três anos ela trabalha na renomada

Ópera de Stuttgart

, interpretando de Puccini a Mozart. Este ano ela lançou o álbum

Voice of Hope

, com canções em seu idioma nativo, o xhosa.

Clique aqui

para ouvir algumas das canções.

Livro homenageia São Paulo

O recentemente lançado

MINHASP

é um livro ilustrado com cerca de 200 fotos da cidade de São Paulo, feitas em 2011 pelo brasileiro Iatã Cannabrava e a alemã Britta Radike. Além das fotografias, 72 autores de ambas as nacionalidades se inspiraram nas imagens para registrar suas experiências pessoais, curiosidades e impressões sobre a cidade em três idiomas: português, alemão e inglês. Entre os autores estão o maestro Julio Medaglia e o cineasta Fernando Bonassi. "Cada texto foi uma declaração de amor a São Paulo", disse o organizador do livro, Ronald Grätz, em entrevista ao Camarote.21.

Leia mais

Links externos