1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Economia italiana encolhe e volta à recessão

Dados indicam contração de 0,2% no PIB durante o segundo trimestre de 2014. Números devem pressionar governo Renzi, que tenta implementar reformas para salvar país de sua pior crise desde a Segunda Guerra.

O Produto Interno Bruto (PIB) da Itália encolheu 0,2% no segundo trimestre de 2014, levando a terceira maior economia da Europa de volta à recessão. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (06/08) pela agência de estatísticas Istat.

Entre janeiro e março, a economia italiana também caiu 0,1%. Os dados representam uma volta do país à recessão – definida por dois trimestres consecutivos de contração econômica.

"O ciclo ainda não virou", disse a economista Daniele Antonucci, da Morgan Stanley. "Na melhor das hipóteses, esperamos nenhum crescimento em 2014 e uma expansão anual de apenas 1% em 2015."

Os números devem se refletir no governo do primeiro-ministro Matteo Renzi, que tenta implementar reformas para tirar o país de sua pior recessão desde a Segunda Guerra.

Desde que assumiu o cargo em fevereiro, Renzi lançou uma série de reformas com o objetivo de estimular o crescimento econômico e reduzir o desemprego – atualmente em mais de 12%.

"Infelizmente, os dados de hoje indicam que a recuperação econômica na Itália deve ser novamente adiada", disse Simon O'Connor, porta-voz do comissário europeu de economia, Jyrki Katainen.

Os números divulgados na Itália também devem levantar suspeitas sobre o crescimento econômico da zona do euro no mesmo período, cujos dados devem ser divulgados na próxima semana.

RM/dpa/afp/rtr

Leia mais