1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

E-commerce faz de Otto o empresário do ano

Michael Otto foi eleito o empresário do ano pela revista econômica "Manager Magazin". Sua empresa é a maior do mundo em venda por reembolso postal e aposta agora no comércio eletrônico.

default

Michael Otto (58), presidente da Otto Versandhaus.

A revista Manager Magazin elegeu Michael Otto, da empresa Otto Versandhaus, de venda por reembolso postal, o empresário do ano 2001. O júri elogiou principalmente seu engajamento em prol do e-commerce.

Michael Otto assumiu há 20 anos a presidência da firma, transformando-a na maior empresa do mundo de venda por reembolso postal, com um faturamento de 45,834 bilhões de marcos (US$ 20,580 bilhões) no ano passado. A Otto acabou passando para trás dois outros gigantes alemães do setor: Quelle (do grupo Karlstadt) e Neckermann.

Com o comércio eletrônico, a Otto Versandhaus espera faturar mais de 3 bilhões de marcos (US$ 1,34 bilhão) em 2001. No ano passado, o faturamento de suas vendas por Internet somou 2,1 bilhões de marcos (US$ 943 milhões). Ao contrário de outras firmas que, após o boom do e-commerce em 1999 acabaram naufragando na rede, a Otto conseguiu fortalecer seu esquema de comércio eletrônico e lucrar com ele.

Comércio eletrônico - "Dentro de dez anos, o comércio online representará 10% das vendas no varejo. Mas quando chegarmos a 2011, a Otto Versandhaus fará 20% de seu faturamento na rede", previu o empresário, que investiu mais de 500 milhões de marcos em atividades online. O júri da revista econômica louvou principalmente a visão de Michael Otto e o fato de ele haver explorado a logística clássica das vendas por reembolso postal.

A apreciação de Otto confere com a expectativa da federação do setor de vendas por reembolso postal. O comércio eletrônico cresce lentamente na Alemanha, mas todas as previsões apontam seu enorme potencial. Atualmente, os pedidos de mercadorias pela rede perfazem apenas 3% do total de encomendas do setor de vendas por reembolso postal. No entanto, em algumas firmas, até 40% das vendas já são efetuadas através do e-commerce.

Online shopping - Os alemães estão tomando gosto pelas compras online. Um estudo do Instituto de Pesquisa de Opinião Pública Emnid revelou que 12,8 milhões de usuários da Internet no país utilizam a rede para fazer compras. Isso representa um acréscimo de 3,4 milhões de pessoas, em relação a 1999. Dois terços dos consultados (62,6%) afirmaram que o online shopping facilita a vida, o que vale mais ainda no fim do ano, para quem quiser escapar das lojas superlotadas e do trânsito caótico nas vésperas do Natal.

No que se refere à venda por reembolso postal, "o velho e bom catálogo não perdeu sua serventia", diz Thomas Steinmark, secretário-geral da Federação Alemã de Comércio por Reembolso Postal, referindo-se a um tipo de compra muito usual na Alemanha. A Otto Versandhaus, por exemplo, oferece desde roupas e acessórios até equipamento de camping, jóias e bicicletas.

Links externos