1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Dupla alemã cria pratos excêntricos para roqueiros

Chefes de cozinha são responsáveis pela alimentação de bandas punks durante suas turnês. Os pratos mais criativos e bizarros estão no cardápio de uma dupla alemã de cozinheiros.

default

Jörg Raufeisen e Ole Plogstedt preparam prato requintado em turnê

Quem disse que somente hotéis chiques e caros oferecem cardápios requintados a seus hóspedes? A dupla alemã de cozinheiros Jörg Raufeisen e Ole Plogstedt decidiu cozinhar para bandas de rock em suas turnês, a partir de 1993. Isto depois de serem chefs de cozinha do luxuoso hotel Berliner Steigenberger, em Berlim, durante 15 anos.

Quando perderam o prazer em cozinhar para restaurantes e hotéis renomados, resolveram criar a empresa Facção Vermelha de Gastronomia ( Rote Gourmet Fraktion - RGF), uma alusão irônica à organização terrorista atuante na Alemanha nos anos 70, a Facção do Exército Vermelho ( Rote Armee Fraktion).

A RGF é especializada no preparo de pratos para músicos e cantores de rock, consumidos durante viagens para apresentações de shows.

Rote Gourmet Fraktion Logo

Logo da Rote Gourmet Fraktion

Com sede em Hamburgo, a RGF é responsável por criar pratos requintados e criativos há 11 anos. Apesar de serem especialistas em comida vegetariana, preparam o prato de acordo com o gosto do cliente. Quase tudo é permitido, exceto alimentos industrializados e fast-food, comidas repudiadas pela dupla de cozinheiros.

A recomendação de Raufeisen e Plogstedt é a escolha de pratos leves e nutritivos, em razão do estresse em viagens cansativas e apresentações. "Cada um recebe um prato individual, adaptado de acordo com as necessidades e horários da turnê. O que é importante, por exemplo, são as vitaminas. Por isso, oferecemos frutas e saladas. Para completar, vem o nosso prato especial, mais requintado", relatam os chefs.

Ambiente punk rock

A cantina é o ponto de partida de uma turnê, pois é aí que os músicos ganham força e conversam sobre o show, segundo os proprietários da RGF. Não é só a comida que deve ser saborosa e atrativa, o ambiente também precisa estar de acordo.

Além, é claro, da música punk, a cantina precisa ter uma decoração ao estilo. Objetos de plástico, como caveiras, aranhas gigantes e imitações de órgãos humanos enfeitam o cenário dos roqueiros.

Um prato para cada paladar

Que tal pedir peras ao vinho tinto, com chocolate, gelatina e ervas aquáticas? Ou um ratatouille (prato de legumes típico francês) com batata e canela e, de sobremesa, mousse de licor de ervas? Estes são alguns exemplos de surpresas inventadas por estes especialistas em comida apetitosa e criativa.

Como cada artista tem gostos e desejos específicos, a dupla acaba aprendendo o que cada um costuma querer. E as variações valem também para músicos do mesmo grupo, como no caso da banda alemã Die Ärtze.

Para o vocalista Bela B. , os cozinheiros preparam sempre sanduíches com mussarela de búfala e tomate, além de terem sempre champanha à disposição para depois dos shows. Já Farian Urlaub aprecia peixe com queijo de ovelha, enquanto Rod Gonzales pede pratos de que os outros dois do grupo musical não gostam de jeito nenhum.

Já se serviram da cozinha dos chefs, em cerca de 80 turnês, artistas como a cantora Courtney Love, o cantor Tricky, as banda alemãs Rammstein e Tote Hosen.

Sucesso gastronômico vira livro

Buchcover Rote Gourmet Fraktion

Capa do livro Rote Gourmet Fraktion - Kochen für Rockstars

Além de criativos, os chefs de cozinha são autores do livro Rote Gourmet Fraktion – Kochen für Rockstars (Facção Vermelha de Gastronomia – Cozinhando para Estrelas do Rock).

Com ajuda de um jornalista especializado em música, a dupla faz citações da vida nas turnês, experiências e fatos curiosos com as estrelas, além da revelação das receitas mais excêntricas criadas até hoje. Tudo isso em 256 páginas.

Leia mais

Links externos