1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Dresdner Bank vê 2002 como ano difícil para os negócios

Bernd Fahrholz, presidente do segundo maior banco privado alemão Dresdner Bank, acredita que o corrente ano não será nada fácil para os negócios bancários. Fahrholz: "Eu parto do pressuposto de que conseguiremos superar com êxito o ano de 2002, mesmo que isto não seja fácil." O presidente do Dresdner Bank apresentou em Frankfurt, nesta quinta-feira (11), o balanço da sua empresa.

Da mesma maneira como os demais grandes bancos, também o Dresdner Bank registrou em 2001 uma queda drástica dos lucros. Apesar de todas as medidas de racionalização e contenção de despesas, o conglomerado financeiro teve um lucro bruto de apenas 153 milhões de euros. No ano anterior, o lucro tinha sido de 1,6 bilhão de euros.